Um avião Airbus A318 da Avianca Brasil sofreu na manhã de sábado, dia 23 de Maio, um incidente quando levantava voo do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro no Norte, no Estado do Ceará.

A aeronave registou uma explosão no motor do lado esquerdo, quando já tinha rolado sobre a pista cerca de 200 metros, confirmaram os bombeiros do aeroporto. O rebentamento, facilmente audível, nas zonas adjacentes do aeroporto e que algumas fontes dizem ter sido uma explosão interna no motor, foi logo identificada pela tripulação de cockpit que, imediatamente freou o avião, tendo o sistema anti-incêndio apagado as labaredas que já se viam a sair do motor.

A tripulação ainda accionou as mangas pneumáticas para escape de emergência dos passageiros, mas logo que se verificou que o fogo estava extinto, todos saíram pelas escadas normais que foram colocadas pelo pessoal do ´handling’ do aeroporto, disseram ainda fontes dos bombeiros, citadas pelos jornais online cearenses.

O avião fazia o voo 6377 da Avianca Brasil entre Juazeiro do Norte e Guarulhos/São Paulo, tendo a bordo 112 passageiros e 5 tripulantes. O incidente registou-se pelas 11h30 locais (14h30 UTC).

Funcionários da companhia no Aeroporto de Juazeiro do Norte indicaram que os passageiros iriam ser encaminhados durante o dia para os seus destinos noutros voos. Os restantes seguirão viagem no voo normal de domingo, que partirá pelas 11h15 locais. Não há qualquer informação oficial da companhia acerca deste incidente que não registou feridos nem vítimas pessoais. Contudo sabe-se que a companhia assumirá todas as despesas relacionadas com refeições e hospedagem dos passageiros retidos em Juazeiro do Norte.

Entretanto no canal televisivo local, TV Miséria, um dos passageiros entrevistado disse que foram ouvidos dois violentos estampidos, após os quais a cabina foi invadida por fumaça. Logo que se certificou de que a aeronave tinha parado esse passageiro abriu a porta de emergência o que ajudou a ventilar o avião, no interior do qual começavam a verificar-se algumas cenas de pânico entre os passageiros. Felizmente sem consequências de maior, já que saíram calmamente pelas duas escadas colocadas em portas do avião, estacionado numa das cabeceiras da pista do aeroporto. Alguns passageiros sentiram-se mal, provavelmente devido à tensão vivida a bordo, tendo sido assistidos no local pela equipa médica que se dirigiu para onde o avião ficou imobilizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.