TORCIDA DO BODE BOTA FOGO NO JOGO E JOGADORES ELETRIZAM CONTRA PORTO.

Ninguém poderia imaginar que a apatia do primeiro tempo num 0 X 0 entre Araripina X Porto de Caruaru fosse se transformar num segundo tempo eletrizante com os jogadores do Bode do Araripe se superando e comendo a grama como se diz na gíria.

Depois de levar dois gols no início do segundo tempo e de ver uma torcida ser o décimo segundo jogador, os jogadores do Bode imprimiram uma pressão num time visitante jamais presenciada desde a abertura do Chapadão do Araripe. O apoio da torcida foi a injeção de ânimo que faltava para balançar o time de Araripina. E foi isso que aconteceu. Todo o time (do goleiro ao ponta esquerda) parece que ficaram possuído por uma fé superior que fez o time sair de um placar adverso para uma sensacional vitória por 4 X 2.

Não digam que o time do Porto é ruim. O Porto de Caruaru foi o Porto que venceu o Araripina por 1 X 0 no Estádio Luiz Lacerda e estava brigando para entrar no G4. Com essa gana do time de Araripina, eu não duvido de mais nada. Ainda faltam seis partidas e se o espírito da garra, da raça e da determinação contagiarem os jogadores do Araripina, é capaz do time ir às semifinais. Lunático? Eu não sei! Mas, como repórter esportivo na década de 80 no Recife vi muitas coisas impossíveis se tornarem possíveis.

Vi, por exemplo, o Bahia fazer 2 X 0 no Sport, na Ilha do Retiro, e o Leão virar a partida nos cinco minutos finais. Vi, por exemplo, o Sport escapar de uma degola da Primeira Divisão numa combinação de resultados malucos na última rodada de um Campeonato Brasileiro, onde até o matemático Osvald de Sousa, da Rede Globo, errou o prognóstico.

Por que não acreditar no Bode do Araripe? Hoje foi a prova. Depende da torcida e da garra dos jogadores para “trucidar” os próximos adversários, sem medo…

Sandro Moraes

1.584-DRT/PE

Obs:. Preocupante. O julgamento dos pontos do Araripina marcado para 29/03/2010 já teve um prejulgamento, no meu ponto de vista. Segundo o Jornal do Commercio, de Recife, o vice-presidente da FPF, José Joaquim Pinto de Azevedo, teria afirmado que o Araripina perderia os pontos contra a Cabense. Como fica a isenção dos procuradores-auditores do TJD depois de uma declaração dessa no julgamento que se dará? Se o Araripina perder os pontos e com a controversa súmula da partida os advogados do Bode do Araripe têm que recorrer ao STJD da CBF ou mesmo à justiça Comum. Ouvi também, na partida contra o o Porto no Chapadão, uma admoestação por parte do banco de reserva do time de Caruaru incomodado com os fogos de fumaça colorida perto do
alambrado. O delegado da partida parece que reclamou também. Não vejo problema nenhum porque da passarela da arquibancada para as arquibancadas em todos os estádios as grandes torcidas soltam aqueles fogos de fumaça colorida, principalmente a do Flamengo do Rio de Janeiro. Cuidado com o tapetão…

Participe da discussão

1 comentário

  1. Eu sou bodeiro de carterinha e acredito que um dia ainda vamos ser campeão pernambucano ganhondo do Nautico na semi-final e do esprt na final, eu estava em SP quando o bode ganhou do esporte de Recife fiquei muito emocionado e sair espalhando pelas as ruas de Guarujar quem era o bode do araripe e de onde era todos ficaram absmado e me pedira uma camisa do clube

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.