Terra, doce terra…

Há no livro das leis que o Profeta ordenou que as famílias se estabelecesse em 12 tribos. Estas aldeias evoluíram conforme seu administrador, outras ficaram a deriva… Assim ficou e permanece até estes dias um vínculo forte e às vezes opaco do entrelaçamento do SER com o torrão que lhe proporcionou as condições necessárias à vida.
Aos leitores é inesquecível deixar de mencionar o livro “Um homem sem pátria”, “ o que dizer destes versos; as árvores que aqui gorjeiam não gorjeiam como lá…” seriam tantos versos, poemas, músicas e os relatos que costumeiramente ouvimos d’aqueles que apesar dos anos ficam mais próximos, reais e detalhistas . Há algo de Divino ou será magia ? Seria o acúmulo das informações do DNA ? Assim caminha os Seres dos 3 reinos.
Um olá especial ao poeta de Bodocó que tão sabiamente declinou com maestria as belezas do CHAPARIPE . Chapada do Araripe, localizada no entrave de 3 estados Pernambuco, Ceará e Piauí , altitude de 640 metros abobada celeste E 04′ 19” 4 E 34 53′ 00 longitude Greenwich. “Oxente nois fica bem aqui quem assobe fica na serra quem não assobe fica no sertão”.
Araripina, última cidade de Pernambuco de quem está saindo sentido leste ao oeste, está encravada a cidade ao sopé da chapada do Araripe, os distritos ao longo do sertão, são eles : Morais, Rancharia, Lagoa do Barro.
Nascente, Gergelim e algumas vilas dentre estas Vila Jardim, Vila Serrania, Vila Cipaúba, com uma população fixa de 74.000 habitantes. Ao sul/oeste com o Estado do Piauí, cidades fronteiriças, Marcolândia, Simões, Curral Novo do Piauí e Caldeirão Grande do Piauí.  Ao norte  o Estado do Ceará, com a cidade de Salitre.
Leste com o próprio estado de PE, sendo suas principais molas propulsoras a inteligência ,sabedoria e beleza das damas, no lado material a nossa conhecida farinha de mandioca. Aquele conhecido refrão “ tu é mai rui que faria di Araripina “ diga-se que este refrão não representa a verdade, nossa FARINHA já fora premiada por algumas vezes por qualidade, sabor e crocante! Produzimos no menor espaço de tempo e com índice pluviométrico baixíssimo, o feijão MACAÇAR ou vulgarmente chamado de “choça bunda”, milho amarelinho, bovinos, caprinos e um dos melhores rebanhos de OVINOS.
Agora dá licença, vou declinar sobre o nosso “OURO BRANCO”. Encontra-se aqui a maior reserva de GIPSITA das Américas,  o gesso, este mineral encontrado nos municípios de Araripina, Trindade e Ipubi aqui em Pernambuco ( do lado da chapada do Araripe no estado vizinho Ceará há Gipsita na cidade de Nova Olinda ). Está em Araripina o maior número de indústrias de transformação da GIPSITA, há empresas de grande, médio e pequeno porte cujo total é de 138. Aqui produzimos da transformação da GIPSITA alguns produtos tais como : gesso lento, gesso rápido, gesso alfa, gesso odontológico, gesso cola, gesso supermassa, gesso cera e gesso supercola ; bloco divisórias, bloco construção,placas acústicas e placas de forro.

Entretanto, o ARTESANATO de gesso está adormecido, diga-se um grande potencial gerador de divisas e mão de obra. Assim, por embalo dos pardais, a sinfonia dos pássaros, a maestria dos acauãs, musicalidade do Bico de Prata, o entardecer fica mais belo pelo canto do sabiá a beleza ímpar das mulheres transportando lata d’água na cabeça, a valentia do vaqueiro cujo escudo é o gibão de couro, carinho com as “novilhas” respeito aos chifrudos, farinha e carne seca e valeu o boi! As rezas em homenagem aos Santos da devoção, sentinela aos doentes, expiada nas meninas, os cumpadi, os babas é futebol pra televisão, vivemos, amamos e somos felizes até mesmo na saudade vagando em terras estranhas, vivendo em multidões sozinho o sonho continua vivo em voltar fazer curvas… Comprar o long-play de Roberto Carlos e bota o bicho pra tocar “eu voltei por aqui é meu lugar”.

* F ª Souza Ramalho(Thico Hermes)

Participe da discussão

3 comentários

  1. meu pais eran dai estou procurando meus parente porque não conheço nen um dos meus tio

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: