Uma solução criativa e colaborativa para enfrentar os tempos de Covid-19 foi desenvolvida em Araripina para apoiar o comércio da cidade. Em parceria, a Prefeitura e CDL Araripina desenvolveram o aplicativo CDL Delivery, que começa a funcionar nesta segunda-feira (30) nas plataformas digitais.

Os empresários que quiserem comercializar seus produtos através do aplicativo não pagarão nenhuma taxa sobre as vendas e a entrega é feita pelos mototaxistas da cidade que são contratados pela CDL. O Sebrae está dando apoio aos empresários no cadastramento dos produtos nas plataformas digitais (aplicativo e site) e a Prefeitura de Araripina foi responsável pelo desenvolvimento do app CDL Delivery e www.lojistas.shop

Lançado na última sexta-feira (27) pelo presidente da CDL de
Araripina, Leandro Batista, e pelo prefeito Raimundo Pimentel, a iniciativa já
reúne mais de 50 estabelecimentos cadastrados nos diversos segmentos como
alimentação, mercados, papelarias, lavanderias, padarias, jardinagem, óticas,
calçados, entre outros.

De acordo com o prefeito Pimentel, a preocupação com a economia da cidade é tão importante quanto à saúde das pessoas. Até hoje, 30, Araripina não registra nenhum caso confirmado e todas as medidas estão sendo tomadas para que o vírus não atinja os moradores. “Estamos atuando nas duas frentes principais: saúde e economia. Desde o início desta crise fiquei muito preocupado com os empresários que, por medidas de segurança, estão com as portas fechadas. Então reunimos estas instituições (CDL, Sebrae e Associação dos Mototaxistas de Araripina – ATA) para encontrarmos uma solução que ajude os empresários até que possam abrir novamente suas lojas”, destacou.

O aplicativo CDL Delivery está disponível para iOS e Android e o site www.lojistas.shop já está em funcionamento. A CDL Araripina disponibiliza o contato via aplicativo de mensagem para que os empresários tirem suas dúvidas sobre o aplicativo: (87) 9.9101-3734.





Saiba mais

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: