Na manhã de hoje (21), a médica e deputada Estadual Socorro Pimentel participou por telefone em uma rádio local onde falou sobre o surto de microcefalia que tem assombrado o estado de Pernambuco (onde se encontra o maior número de casos) e demais estado do país. A medica, que faz parte de uma comissão especial pra estudar e analisar as suspeitas em torno do surto de microcefalia no Pernambuco e no Brasil, afirmou que apesar do zika vírus ser apontado como principal fator, outros fatores poderiam estar propiciando a má formação que causa a microcefalia.

A médica analisou a situação e tratou como crítica diante da falta de planejamento em combater o aedes aegypti, principal transmissor do zika vírus. Lembrou dos casos confirmados em Araripina, no sertão do Pernambuco, que já passam de seis (06) e que na região do Araripe mais de 15 casos já foram confirmado desde o início do surto, uma vez que em Pernambuco é o estado com o maior índice de microcefalia já registrado.

Preocupada com o rastro que o aedes aegypti vem causando e o temor que assola muitas mulheres gravidas em ter filhos microcefálicos, Socorro Pimentel lembra da importância de se precaver nos sintomas, procurando ajuda medica, reportar a Secretaria de Saúde da sua cidade e o controle epidemiológico de forma a torna mais eficiente essa luta com o mosquito da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus. Por fim, a médica pede que família aguardem um tempo a mais para a gestação, e que mulheres em idade fértil NÃO engravidem é a principal indicação e alerta que pode ser feito, nesse momento.

Publicado por Dyangellys Batista

Bibliotecário, Gamer, Geek e Baixinho!

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: