Secretaria da Mulher Realiza Seminário sobre Igualdade Racial

Em mais uma iniciativa de combate à violência em nossa cidade, a Secretaria da Mulher reuniu representantes da sociedade civil e Ministério Público, na última sexta-feira (09) na Câmara de Vereadores, para discutir questões relacionadas à Igualdade Racial em nosso Município.

O evento contou com a presença do prefeito Alexandre Arraes (PSB) que reconheceu as conquistas da igualdade racial. “Precisamos observar que o nosso país tem tido grandes conquistas pela democracia de valores, e a nação negra tem conquistado o seu lugar que sempre foram deles, com igualdade, e sem discriminação. Quero parabenizar nossa secretária Fabiola por ter buscado proporcionar debates tão importantes para a população de Araripina”, disse.

O promotor da cidade, Dr. Manoel Dias Neto, que em sua fala, fez uma provocação ao afirmar que o brasileiro não se reconhece negro e sim “marrom bombom”, arrancando sorrisos da plateia. Esclareceu ainda sobre o racismo à luz da lei e destacou a necessidade de conscientizar a população sobre o assunto, para uma sociedade livre desse tipo de crime. Em seguida foi a vez do represente do Governo do Estado – Vicente Moraes, assessor da Secretaria de Articulação Regional e Social do Estado, discorrer sobre “Democracia e Desenvolvimento sem Racismo: por uma Araripina afirmativa”, contando com a participação dos presentes, que fizeram colocações pertinentes sobre o tema. 

Também ficou claro no encontro que as pessoas que não se reconhecem negras deixam de receber recursos e incentivos governamentais, além de se sentirem ofendidas quando classificadas pela cor, o que dificulta o trabalho de implantação das políticas públicas nessas comunidades. Para a secretária da Mulher – Fabíola Paiva – os objetivos do encontro foram alcançados: trazer esclarecimentos à sociedade e discutir, com representações populares, os caminhos para nos livrarmos desses crimes.

Para a secretária tudo depende de informação, que precisa passar pela escola, família, igreja e pela formação dos agentes públicos, responsáveis pela promoção da igualdade racial em nossa sociedade. Fabíola destacou ainda que o seminário só aconteceu graças ao empenho do prefeito Alexandre Arraes que se envolveu, oferecendo todas as condições para que o evento ocorresse, por se tratar de uma das principais marcas de seu governo: o combate a todo tipo de violência. Ao final, foram escolhidos 10 delegados – 05 do governo municipal e 05 da sociedade civil – que vão somar e dar sugestões para as mudanças em relação às leis, no encontro regional.   

ASCOM/ARARIPINA

Publicado por Cidade de Araripina Pernambuco

Sobre

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: