SECRETARIA DA MULHER Bebês chegam Hospital Santa Maria em estado grave


O mês de agosto não foi nada fácil para a família de Luzia Lacerda. Assim como muitos araripinenses que sofrem ao procurar atendimento médico em nosso Município, esta mãe percorreu Hospital e postos de saúde da cidade em busca de ajuda para os filhos recém-nascidos que estavam gravemente doentes.
A peregrinação começou às 4h da manhã quando chegou à cidade. Sem dinheiro e transporte, Luzia procurou atendimento médico, mas não havia profissionais de plantão. Desesperada e sem saber o que fazer, procurou a secretária da Mulher,Fabíola Paiva, que havia conhecido durante a edição do programa “Nenhuma Pernambucana sem Documento”. 


A secretária dirigiu-se imediatamente ao hospital Santa Maria, mas também constatou a ausência de médico de plantão. Diante da situação, apelou para o Dr. Alexandre Lage que passava pelo local. Dr. Alexandre prestou os primeiros socorros e pediu a presença de uma pediatra porque o estado dos os bebês era grave e havia a necessidade de transferi-los. Nesse momento a equipe do Hospital localizou Drª. Karine, que estava de plantão em um dos postos de saúde do Município e, compreendendo a gravidade dos fatos, se deslocou até o Hospital. Como o risco de morte era eminente, a médica pediu à direção do Hospital que disponibilizasse toda estrutura existente para iniciar o procedimento.

A irmã Fátima orientou então a equipe do Hospital Santa Maria a providenciar apartamento e estrutura para atender as crianças. Foram 15 dias de sofrimento, mas a vitória veio. No final do mês de agosto os meninos tiveram alta. Familiares, funcionários e amigos festejaram o milagre alcançado. Finalmente José Dauan, o bebê que se encontrava em estado mais grave, pôde ir pra casa com sua mãe. Realmente Deus operou um milagre naquele local, reconhece Fabíola Paiva, que destacou a importância da orientação do prefeito Alexandre Arraes de cuidar das pessoas, acima de tudo, com amor.   Parabéns ao hospital Santa Maria, na pessoa da irmã Fátima, e que outros profissionais possam  se conscientizar que vidas são mais importantes que títulos.

ASCOM-ARARIPINA



Publicado por Cidade de Araripina Pernambuco

Sobre

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: