Neste mês de fevereiro, o Sebrae Pernambuco promove a ação Sebrae Em Rede, para apresentar as iniciativas da instituição em favor dos pequenos negócios para o desenvolvimento municipal. Para isso, o objetivo é conectar o Sebrae a parceiros estratégicos, atuais e novos, bem como compartilhar com esse público o que está previsto para o ano de 2020 na região.

Lideranças empresariais, políticas, acadêmicas e imprensa foram convidados para os encontros que serão realizados com os dirigentes estaduais do Sebrae, contemplando as sedes do Sebrae em Caruaru, em Garanhuns, em Serra Talhada, em Araripina, em Petrolina, e, por fim, no Recife.

A estratégia do Sebrae está ancorada no desenvolvimento dos pequenos negócios por meio da disseminação da cultura da inovação e na incorporação do digital em suas estratégias. “O jeito de fazer negócios mudou, e queremos aproximar os pequenos negócios dessa realidade, que é conectada, digital, móvel e em rede. O objetivo é sensibilizar os empresários em temas como inovação e tecnologia, para que se aproximem de seus clientes, público formado cada vez mais por pessoas conectadas em redes digitais”, destaca o superintendente do Sebrae Pernambuco, Francisco Saboya.

Ao aproximar atores importantes da região, o Sebrae busca fortalecer a relação em rede, extraindo o melhor que cada um tem a oferecer, entregando assim um valor diferenciado aos clientes. “O Sebrae é um agente relevante do sistema estadual de fomento ao empreendedorismo e desenvolvimento econômico. Ao atuar de forma integrada com outros agentes, podemos influenciar nas macropolíticas que impactam os pequenos negócios no âmbito dos territórios, arranjos produtivos e setores. A ideia de ampliar a rede de parcerias institucionais, acadêmicas e técnicas é mobilizar conhecimentos e competências que a rede detém para complementar e potencializar o atendimento aos empreendedores”, ressaltou a diretora técnica, Adriana Côrte Real.

Roberta Correia, diretora de administração e finanças do Sebrae/PE ressaltou a importância de estar conectado com os parceiros. “Queremos compartilhar com os parceiros o novo jeito de fazer negócio do Sebrae, para desenvolvermos juntos essa estratégia de relacionamento. Sebrae Em Rede é um movimento de aproximação entre o Sebrae e os parceiros”.

Sertão do Araripe

Na região do Sertão do Araripe, localizada no oeste de Pernambuco, a Unidade Sebrae atende a onze municípios nos segmentos econômicos com concentração de pequenos negócios urbanos e rurais inseridos nas cadeias produtivas. O polo gesseiro, composto pelas indústrias de extração mineral, as fábricas de calcinação e a produção de pré-moldados, forma a principal atividade econômica da região. Dentro do segmento de agronegócio, o Sebrae atua no apoio especialmente aos setores da apicultura, bovinocultura, mandiocultura e ovinocaprinocultura.

O comércio varejista da região também é um dos principais geradores de emprego e desenvolvimento econômico e o Sebrae tem projetos que promovem os segmentos da saúde e bem-estar como salões de beleza, clínicas de estética, consultórios médicos e odontológicos, entre outros. O setor de supermercados, alimentos e bebidas, automotivo também tem forte participação na economia regional.

Para 2020, o foco será desenvolver projetos e ações que entreguem valor para os empreendedores através de atividades que estimulem a inovação por meio das tecnologias digitais cada vez mais presentes na vida dos consumidores. O programa de Educação Empreendedora e o de Aceleração da Indústria do Sertão do Araripe estão no foco das atividades para este ano.

Francisco Saboya, superintendente do Sebrae Pernambuco ao lado de Adriana Côrte Real, diretora técnica e Lucélia Barros, gerente da Unidade do Araripe.



Fonte

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: