Schumacher vai ganhar R$ 8,5 milhões por corrida, diz jornal

Na manhã desta quinta-feira, como não poderia ser diferente, os jornais da Europa dedicaram suas primeiras páginas ao retorno de Michael Schumacher à Ferrari. No site do diário espanhol As, o destaque foi o salário que o alemão vai receber para sair da aposentadoria e substituir Felipe Massa enquanto o brasileiro se recupera do acidente sofrido na Hungria.

Além de renovar o contrato como consultor da Ferrari, Schumacher vai receber cerca de 3,2 milhões de euros por corrida, ou aproximadamente R$ 8,5 milhões. Ou seja, para cada dia de trabalho nos GPs, o piloto de 40 anos vai receber mais de 1 milhão de euros, ou R$ 2,6 milhões, segundo o jornal.

Na Itália, o destaque foi para o retorno “sensacional” do piloto, ídolo no país. O tabloide E-Polis reservou a maior parte de sua capa para uma foto de Schumacher, e dedicou uma página inteira à volta do alemão, sob a manchete: “O Kaiser substituirá Massa no próximo GP: ‘Volto por lealdade à Ferrari'”.

No Il Messagero, além do destaque da capa, três quartos de uma página foram usados para noticiar o retorno de Schumacher. “O Canibal está de volta às pistas”, estampou o jornal, que chama o piloto de “coração vermelho da Ferrari”.

O jornal Il Tempo também destacou o acerto de Schumacher com a Ferrari para disputar o GP da Europa no dia 23 de agosto. Em duas meias páginas, a publicação compara o retorno do alemão com as voltas de Alain Prost, em 1993, e de Michael Jordan, em 1995.

A federação alemã de automobilismo já enviou a papelada necessária para que Schumacher obtenha uma nova superlicença da Fórmula 1, já que o documento do heptacampeão mundial expirou em 2006, ano de sua aposentadoria. Para o novo desafio, o alemão deverá se preparar no simulador da Fiat em Turim, segundo a Gazzetta dello Sport, já que os testes estão proibidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.