Softagon Sistemas em Araripina

Com a notícia de novos casos de febre amarela pelo país nos últimos meses, duas suspeitas no estado de Pernambuco, surgiram filas imensas em postos de saúde, em regiões com ou sem recomendação de vacina.

Em Araripina, no sertão de Pernambuco, o procedimento e a recomendação para administração da Vacina tem sido priorizada para pessoas que irão viajar para áreas de risco ou com possibilidade de contato com o mosquito transmissor da doença.

Para estar recebendo a vacina você deve se dirigir até o Posto de Saúde e, através de agendamento demonstrar interesse para ser imunizado contra a febre amarela. Como a procura tem sido maior que a demanda que o município possui, essa foi uma alternativa encontrada para atender a população; uma vez que a prioridade salientando outra vez, é de pessoas que estão de viagem marcada para áreas endêmicas.

Veja em 4 passos se você se enquadra na recomendação das autoridades de para a vacinação:

1 – Quantos anos você tem?

Se tem mais de 60 anos, deve fazer uma avaliação médica antes de se vacinar.

Se tem de 9 meses a 60 anos, vá para a pergunta 2.

Se tem menos de 9 meses, o ministério não recomenda que tome a vacina.

2 – Você tem entre 9 meses e 60 anos, e se enquadra em alguma destas situações?

Mulher amamentando crianças menores de 6 meses de idade

Alergia grave ao ovo

Vive com HIV e tem contagem de células CD4 menor que 350

Em tratamento com quimioterapia/ radioterapia;

Portador de doenças autoimunes

Em tratamento com imunossupressores (que diminuem a defesa do corpo)

Se SIM, a vacina não está recomendada para você.

Se NÃO, prossiga para a pergunta 3.

3 – Você tem entre 9 meses e 60 anos, e se enquadra em alguma destas situações?

Terminou tratamento de quimioterapia e radioterapia

Portador de doenças hematológicas (do sangue), renais e hepáticas

Grávidas

Faz uso de medicamento corticoide

Se SIM, deve passar por uma avaliação médica antes de receber a vacina.

Se NÃO, prossiga para a questão 4.

4- Você vive ou vai viajar para uma localidade na lista de municípios com recomendação de vacina do Ministério da Saúde?

Se SIM, e passou pelas perguntas anteriores, há recomendação de que tome a vacina.

Se NÃO, vale ainda consultar a autoridade de saúde do local onde reside, há regiões que estão vacinando sua população mesmo sem ser área de recomendação, como o Espírito Santo.

O que é a vacina fracionada?

Tira-se do frasco da vacina uma dosagem menor do que a habitualmente aplicada. Como informa o ministério, a diferença está no tempo de proteção: a dose padrão é para toda a vida, já com a dose fracionada, a duração é de pelo menos 8 anos.

Quem são as pessoas que devem receber a dose padrão, mesmo que em sua localidade estejam dando a fracionada?

Pessoas que têm HIV e que têm contagem de células CD4 maior que 350

Pessoas que terminaram tratamento de quimioterapia e radioterapia

Pessoas com doenças hematológicas (do sangue);

Grávidas;

Crianças de 9 meses a menores de 2 anos de idade;

Viajantes internacionais, já que o Regulamento Sanitário Internacional (RSI) não autorizou a utilização da dose fracionada para a emissão do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP). No ato da vacinação, deve ser apresentado comprovante de viagem (boleto de passagem área ou hotel, convite para participação em eventos internacionais, entre outros) para países que exijam o CIVP.

 

Publicado por Dyangellys Batista

Bibliotecário, Gamer, Geek e Baixinho!

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: