Atenção a quem ainda não fez o procedimento de regularização, por que este tem prazo máximo até o dia 31 de Março.

Antes de ir ao posto de atendimento, o eleitor deve fazer o agendamento prévio, no site (www.tre-pe.jus.br). Também é possível pelo telefone: (81) 3194.9400. No Pernambuco, 31 cidades (ainda) estão realizando a biometria e Araripina é uma delas.

Nunca é demais lembrar que quem não fizer o cadastramento terá o título cancelado e o eleitor não vai poder votar nas próximas eleições, tampouco ingressar em um emprego público, solicitar empréstimo ou renovar passaporte.

A seguir, a gente esclarece algumas dúvidas sobre o recadastramento biométrico.

Quem está obrigado a comparecer à revisão do eleitorado com recadastramento biométrico?

Todos os eleitores inscrito1604820_647874235274570_860323051_ns nos municípios abrangidos pela revisão com biometria, definidos pelo TRE/PE, inclusive os maiores de 70 anos e menores de 18, que desejarem continuar votando.

Onde posso realizar o atendimento?

No Fórum de nossa cidade, localizado a Rua Ana Ramos Lacerda.

Caso não possa comparecer na data e hora marcados, posso fazer novo agendamento?

Na impossibilidade de comparecer na data escolhida, o eleitor deverá, a qualquer momento, cancelar o agendamento e efetuar nova escolha de data e hora para atendimento.

Não residindo mais na cidade onde voto como faço para regularizar minha situação?

Deverá comparecer ao cartório eleitoral do novo domicílio e proceder à transferência.

 Quais os documentos necessários para realizar a revisão?

Todos os documentos deverão ser apresentados em original, não sendo aceitas cópias, ainda que autenticadas.

  • Para comprovação da identidade deverão ser apresentado um dos seguintes documentos: Carteira de identidade (RG) ou carteira emitida pelos órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional ou certidão de nascimento ou casamento ou CTPS ou instrumento público do qual se infira, por direito, ter o eleitor idade mínima de 16 (dezesseis) anos, e do qual constem, também, os demais elementos necessários a sua qualificação ou documento do qual se infira a nacionalidade brasileira do requerente (Lei nº 7.444, art. 5º, § 2º).
  • Para comprovação do domicílio deverá ser apresentado um dos seguintes documentos: contas de luz, água ou telefone em nome do eleitor ou parente até 2º grau emitidos ou expedidos no período compreendido entre os 12 (doze) e 03 (três) meses anteriores ao início do processo revisional ou envelopes de correspondência ou nota fiscal de entrega de mercadoria em nome do eleitor ou parente até 2º grau, emitidos ou expedidos no período compreendido entre os  12 (doze) e 03 (três) meses anteriores ao início do processo revisional ou contracheque ou cheque bancário em que constem endereço e nome do eleitor ou contrato de locação em nome do eleitor ou parente até 2º grau ou documento expedido pelo INCRA ou declaração da escola comprovando a matrícula do eleitor ou de filho(s) do mesmo ou certidão de nascimento ou de casamento do eleitor ou de filho(s) do mesmo, com registro no cartório de registro civil dos respectivos municípios.

Encontro-me no exterior, como devo proceder?

O eleitor que fixou residência no exterior deverá, no período definido da revisão, requerer transferência nas embaixadas ou representações consulares, indicados na página do TSE, no endereço www.tse.jus.br, na opção: Eleitor / Eleitor no exterior.

Caso o eleitor encontre-se provisoriamente no exterior, deverá, imediatamente após sua chegada ao Brasil, comparecer ao cartório eleitoral ou central de atendimento ao eleitor para regularizar sua situação.

Fonte: www.tre-pe.jus.br (editado)

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: