Realidade bem pensada do momento do Brasil!


A onda de protestos que tomou conta do Brasil vem sendo articulada para chegar à nossa querida cidade, Araripina. Essa atitude nós devemos não somente aplaudir, como também acompanhar. É preciso seguir a tendência do Brasil e ir às ruas manifestar a nossa insatisfação com problemáticas que já são tão velhas quanto a própria existência da Nação Brasileira, como a corrupção, a falta de investimentos na saúde, na educação e a inversão de prioridades na aplicação do dinheiro público.

É preciso, no entanto, saber separar o joio do trigo. Diferenciar a grande maioria, que carrega no peito sentimentos e desejos grandes, bonitos, de uma minoria cujo o único interesse é tumultuar a política local, trazendo de volta a antiga rinha de galo que todos nós já conhecemos e que nunca trouxe nenhum benefício para qualquer que seja o araripinense. A eleição municipal já passou, guardemos movimentos partidários para anos eleitorais. O povo de Araripina foi às ruas de forma livre e soberana. Quem ganhou tem a obrigação de trabalhar dia e noite para trazer dias melhores ao nosso povo. Quem perdeu deve fiscalizar e fazer oposição com responsabilidade, como os quatro vereadores oposicionista vem fazendo.



Querer travestir um movimento nacional de pautas tão valiosas em uma plataforma para colher dividendos políticos é um gesto não apenas ultrapassado, mas prejudicial ao município. Não há nada mais belo do que observar jovens, de modo ordeiro, reivindicando direitos, por amor ao país, a cidade, ao povo. Mas não existe nada tão pobre quanto o oportunismo de aproveitar de um momento tão nobre para o povo brasileiro para fazer politicagem. Basta ver que quem está levando as cores de partidos a esses protestos está sendo combatido, muitas vezes até sendo expulso do movimento.

Vamos, sim, juntos, nos unir a essa corrente que já conquistou o Brasil. Esse não é o momento de defender bandeira de político A ou B e nem de partidos é a hora de defender o nosso país. Araripina tem muitos problemas, todos nós sabemos. Mas a gestão que recém tomou posse tem o compromisso claro de reconstruir a nossa cidade, que num passado recente, viveu a maior crise da sua história. Sob nenhuma hipótese, iremos permitir que as práticas arcaicas, trazidas não se sabe da onde, manchem a contribuição que Araripina vai dar ao Brasil.

Publicado por Cidade de Araripina Pernambuco

Sobre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.