Proibição de “pancadões” e som alto nas ruas.

A partir de agora, quem decidir manter o som do carro alto na calçada ou na rua poderá levar uma multa de R$ 1 mil – podendo chegar a R$ 4 mil em caso de reincidência – e ter o veiculo apreendido. A lei, regulamentada pelo prefeito Fernando Haddad (PT-SP), restringe a emissão de ruídos por aparelhos de som instalados em veículos estacionados em vias públicas ou em calçadas particulares, uma alternativa no combate aos chamados pancadões.134756303

Responsável. No momento da autuação, em que o ruído será medido por um decibelímetro – aparelho que mede o total de decibéis, também será aplicado multa, se necessário. O dono do veículo será responsabilizado. Em caso de descumprimento da ordem para diminuir o volume, o aparelho sonoro ou o veículo no qual o som esteja instalado pode ser apreendido. O valor da multa dobra na primeira reincidência e quadruplica a partir da segunda vez que ocorrer no prazo de 30 dias.

Fonte: Estadao.com.br (Editada)

Nossa cidade vive um martírio diário com centenas de carros pancadões distribuindo poluição sonora gratuitamente. Vi a reportagem em um site e achei que nossos vereadores que fazem a Casa Joaquim Pereira Lima, poderiam se aproveitar da idéia do Prefeito de São Paulo e está adaptando-a a nossa realidade. Retomando os trabalhos da Câmara em 2014 com um projeto que iria somar a nossa cidade, diferente de outros tantos que têm sido aprovados aí.

O grande Chacrinha já dizia que nada se cria, tudo se copia!, e nessa ótica, seria inteligente copiarmos apenas aquilo que soma de bom, que pode nos trazer benefícios. E posso esta sendo criterioso, mas se fosse feito algo em nossa cidade (não necessariamente idêntico; ao menos parecido) para diminuir a poluição sonora existente, já seria um imenso salto evolutivo.

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: