A Caixa Econômica Federal, Governo Federal e Prefeitura Municipal de Araripina estiveram nesta quinta-feira (03) realizando a entrega inaugural de mais 500 unidades no Residencial Nossa Senhora do Carmo, empreendimento do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) destinado a famílias com a renda de até R$ 1,6 mil (Faixa I) que recebeu investimento total de mais de R$ 22,9 milhões, com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

O evento contou com a presença do Prefeito Alexandre Arraes, do Superintende da CAIXA, Denis Matias, do representante da construtora Constantini Construções LTDA, Carlos Figueiredo, do presidente da Câmara de Vereadores, em representação aos demais parlamentares, Luciano Capitão, da secretária de Desenvolvimento Social, Fernanda Ramos, do gerente Executivo de Habitações da Caixa, Ivambergue Araújo e do gerente da Caixa em Araripina, Rafael Macedo, além de diversas autoridades municipais.

Para o prefeito Alexandre Arraes realizar os sonhos das famílias de Araripina é o principal objetivo em sua gestão.

“Somos gratos a Deus por todas as oportunidades. Nós iremos perseguir outros novos investimentos. Uma das nossas metas é conseguir mais 01 mil casas até o final do meu mandato, muito embora não estou prometendo, pois não depende apenas do município, mas esta é a nossa meta de trabalho”.

O chefe do poder executivo de Araripina disse ainda que está atendo a todas as parcerias que garantam novos resultados. “Estou atento a toda parceria que venha trazer coisas boas para o município, seja em qual esfera for federal, estadual, setor privado ou qualquer outro. Agradeço a todos os envolvidos nesta conquista e parabenizo principalmente o povo mais carente por estarem recebendo um bem tão precioso que é a casa própria. Ficamos felizes porque sabemos que estamos realizando sonhos”, disse o prefeito.

Localizado no bairro do Alto Adelino, o empreendimento é composto por 500 casas, com área privada de 38m2, divididos em 2 quartos, circulação, sala, banheiro e cozinha, com piso cerâmico em todos os ambientes. As Unidades estão avaliadas em R$ 45,6 mil, sendo que 16 delas foram adaptadas para Portadores de Necessidades Especiais (PNE).

DSC0303

Com infraestrutura completa, composta por meio-fio, pavimentação, redes de água potável, esgotamento sanitário com tratamento, energia elétrica com iluminação pública, e disponibilidade de acesso ao transporte público, os moradores do novo bairro de Araripina agora estão conscientes de um sonho realizado.

 

Participe da discussão

2 comentários

  1. Gostaria de saber se a pessoa que foi sorteada tem direito de receber ou houve alguma mudança.

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: