A Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) vai encaminhar um manifesto aos governos federal e estadual com propostas para a criação de políticas públicas permanentes de convivência com os efeitos da seca. A medida foi anunciada nesta segunda (13), durante o evento “Grito do Nordeste”, promovido pela entidade no plenário da Assembleia da Legislativa.

O governador Eduardo Campos, de PE, reunido com prefeitos nesta segunda-feira (13)
O governador Eduardo Campos, de PE, reunido com prefeitos nesta segunda-feira (13)

Entre outros pontos, a Amupe defende a criação do Fundo Nacional do Semiárido, com verba do Orçamento Geral da União (OGU) e contrapartida dos estados e municípios. Os prefeitos também cobram a liberação imediata de recursos financeiros correspondentes a, no mínimo, uma cota média do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de 2012. A compra de ração animal, a contratação de carros-pipa e a perfuração e instalação de poços artesianos são outras reivindicações presentes no documento da Associação.

Segundo levantamento da Amupe, mais de 80% dos municípios pernambucanos foram atingidos pela seca. A estiagem já causou um prejuízo de R$ 1,5 bilhão na pecuária do estado e cerca de 200 mil animais morreram devido à falta de chuva. Dados da entidade ainda apontam uma redução de 72% na produção leiteira. Ao todo, são mais de 1.400 cidades afetadas em todo o Nordeste.

O presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), comentou que é preciso sensibilizar a sociedade e as autoridades públicas a respeito da dimensão dos problemas gerados a partir dos efeitos da estiagem. De acordo com Patriota, o manifesto da Amupe deve ser entregue aos Executivos federal e estadual ainda nesta semana.

O presidente da Assembleia, deputado Guilherme Uchoa (PDT), elogiou a iniciativa da Associação Municipalista em trazer o debate para a Casa Joaquim Nabuco. Segundo o parlamentar, o governador Eduardo Campos (PSB) vem realizando todas as ações possíveis para dar suporte às famílias e produtores afetados pela seca. Para Uchoa, os problemas só poderão ser enfrentados com mais eficácia a partir de uma maior participação do governo federal.

O evento “Grito do Nordeste” ainda contou com a participação de prefeitos, empresários e trabalhadores rurais de quase todo o estado. Também participaram do encontro o senador Humberto Costa e o deputado federal Pedro Eugênio, ambos do PT, além de representantes da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), do Sindicato dos Cultivadores de Cana-de-Açúcar (Sindicape) e demais entidades ligadas à agropecuária.

Da Assembleia Legislativa de Pernambuco

Publicado por Hermes Alves

Sou fundador deste site, projeto que iniciei em 1999 realizando a primeira transmissão ao vivo para a Internet de um evento junino. Sou formado em Marketing com especializações internacionais em Informática e um amante descarado por nossa querida cidade, Araripina Pernambuco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.