Na manhã de hoje (15), esteve falando numa rádio local através de telefone o atual Prefeito de Araripina, no sertão de Pernambuco, esclarecendo segundo o próprio dúvidas que a população apresenta sobre a atual situação política que é carregada por essa gestão. Em sua fala, deu início lembrando do Protesto que aconteceu na última sexta-feira e salientou que os populares estavam em seu direito como cidadãos em cobrar da gestão melhorias no que diz respeito a situação delicada que os mesmos vivem diariamente desde as chuvas acometidas no mês de março, devastando grande parte daquela comunidade.

Em sua fala, o Prefeito de Araripina deixou evidente que na manhã de ontem (14), o principal motivo do não pouso do avião do Governador do Estado, Paulo Câmara, teria sido um foco de manifestação que atacaria o referido Governador de Pernambuco e que, ainda segundo o mesmo, este estaria sendo visto como uma oportunidade política do ex-deputado Raimundo Pimentel; que é visto como um dos nomes a prefeito do município nas próximas eleições. “A população do Zé Martins já sabe, já tem conhecimento dessa situação e de quem trabalha e de quem tira proveito. Na verdade, as ações não chegam por parte dele como Deputado, ex-deputado… nem chegou como Deputado e nem muito menos agora que não é mais nada deve chegar!”, atacou o atual Gestor do Município de Araripina.

Visivelmente enfurecido pela atitude do Ex-Deputado em conseguir uma ação com o então Governador do Estado de Pernambuco para a construção da ponte naquela comunidade vitimada pelas enchentes; o Prefeito de Araripina tornou a soltar o verbo e usar de sua fala para atacar Raimundo Pimentel, lembrando que o documento que o ex-deputado teria entregue ao atual Governador não teria validez, uma vez que, nas palavras do Gestor de Araripina ele não é mais nada para estar pedindo nada ao Governador!

Ouça abaixo toda a fala do Prefeito de Araripina:

https://www.youtube.com/watch?v=Ub75HCunuK4&feature=youtu.be

Publicado por Dyangellys Batista

Bibliotecário, Gamer, Geek e Baixinho!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.