Novos gestores da saúde escolhidos por critérios técnicos

O governador Eduardo Campos empossou nesta segunda (18/04), no Palácio do Campo das Princesas, os gestores das 11 Gerências Regionais de Saúde (Geres) aprovados através de seleção pública. Pela primeira vez em Pernambuco, a escolha obedeceu a critérios técnicos e não políticos, a exemplo do que já vinha sendo realizado na educação e na segurança pública.

A disputa pelos cargos foi acirrada e durou três meses. No total, 87 pessoas se candidataram às 11 vagas. A IX Gere (Ouricuri) foi a que atraiu mais interessados. Após a análise dos currículos, cada candidato teve que apresentar ao comitê de busca um projeto de gestão para a regional escolhida.

Representantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade de Pernambuco (UPE) e Estação Observatório de Recursos Humanos em Saúde do CNPQ-Fundação Oswaldo Cruz, além da própria Secretaria Estadual de Saúde (SES), formaram o comitê de busca responsável por avaliar os candidatos.

“A partir dessa avaliação feita, eles me mandaram uma lista tríplice e eu optei por escolher todos os primeiros lugares. É uma prática política diferente para a gente buscar a qualidade na saúde”, explicou o governador, ao final de cerimônia.
Os nomes dos escolhidos já foram publicados no Diário Oficial desta segunda-feira. Entre os selecionados, três assumem pela segunda vez o cargo: Maria Aparecida de Souza, da IV GERES (Caruaru), Alécio Galindo, da VI GERES (Arcoverde) e Clóvis Carvalho, da XI GERES (Serra Talhada).

Os outros escolhidos são: Marcelo Ferreira Falcão, na I GERES (Recife); Mário Fabiano Moreira, na II GERES (Limoeiro); Erlene Roberta dos Santos, na III Geres (Palmares); Elenilson Liberato Costa, V GERES (Garanhuns), além de Maria Auxiliadora Veras, na VII GERES (Salgueiro); Cássia Maria Feitosa, na VIII GERES (Petrolina); Tatiane Fernandes de Lima, na IX GERES (Ouricuri); e Mary Delanea dos Santos, na X GERES (Afogados da Ingazeira).

“Parabenizo o governador pelo novo processo de escolha. Vou trabalhar para fortalecer a rede de saúde em Petrolina e nas outras seis cidades que compõem a VIII Geres“, disse Cássia Feitosa, que vai comandar as ações da Secretaria de Saúde em Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina (sede), e Santa Maria da Boa Vista.