Araripina atende às regras para receber uma Faculdade de Medicina?

Ano passado, 2015, aconteceu uma seleção de municípios que ofertarão o curso de medicina, e o Governo Federal selecionou 22 cidades onde serão criados 22 novos cursos de medicina no Brasil.

Em Pernambuco, os municípios de Araripina, Arcoverde e Salgueiro (todos no Sertão do Estado) receberão as novas unidades de ensino do curso. desde que o Mais Médicos foi criado.

As regras estabelecidas neste edital selecionaram apenas municípios que apresentam uma relação de vagas em curso de medicina por 10 mil habitantes menor que 1,4, além do índice de médicos a cada mil habitantes menor que 2,7.

O MEC estabelece no edital que o município tenha mais de 70 mil habitantes, cinco leitos SUS para cada aluno, privilegiar no mínimo 100 leitos para o curso, três cursos de residência médica (o edital prevê um ano para que o município e a instituição ofertem a residência nas áreas exigidas pelo Ministério). Também, em uma situação limite, poderão ser utilizadas as estruturas de municípios circunvizinhos para compor o conjunto de critérios. Os municípios selecionados também devem estar a uma distância de pelo menos 75 Km de outro curso de medicina já existente.

De acordo com o ex – ministro da Saúde, na época da seleção, Arthur Chioro, a meta do governo é (era) que se chegue ao número de 600 mil médicos no Brasil até ano de 2026. Atualmente o país conta com cerca de 400 mil médicos.

Ainda de segundo o ex – ministro, os municípios serão chamados a aderir e se comprometer com as condições estabelecidas para a abertura desses cursos.

 

Matrícula de aprovados no Sisu 2015 começa hoje (30)

Os candidatos que foram aprovados nos cursos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) devem fazer a matrícula na instituição correspondente a partir de hoje (30) até terça-feira (3). O candidato selecionado pelo Sisu deverá verificar, junto à instituição de ensino em que foi aprovado, o local, horário e procedimentos para matrícula.

O Sisu teve um total de 2.791.334 candidatos inscritos para 205.514 vagas de 5.631 cursos em universidades federais e institutos tecnológicos.

lista de aprovados está disponível no site do processo seletivo: sisu.mec.gov.br. O candidato pode consultar seu desempenho inserindo o número de inscrição no Enem e a senha de inscrição. O site permite ainda recuperar a senha do Enem.

Muita gente não se matricula
O Sisu usa como critério de seleção a nota do candidato no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014. O programa permite ao estudante se candidatar a uma universidade pública de qualquer estado brasileiro. Mas esta mobilidade acaba esbarrando em condições pessoais para poder mudar e se sustentar em outra cidade.

Muitos aprovados na primeira chamada do Sisu acabam não aparecendo nos dias de matrícula. No ano passado, menos da metade das vagas oferecidas na edição do primeiro semestre de 2014 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), em janeiro, foi preenchida na primeira chamada. Do total de convocados, apenas 44% dos estudantes convocados efetivamente se matricularam nos cursos aprovados e em 23,4%, as vagas preenchidas não ultrapassaram 25% do total oferecido.

Em 2013, o índice de vagas preenchidas na primeira chamada foi de 41%, e em 2012, de 43,6%.

Lista de espera
Este ano o Sisu não terá segunda chamada. Quem não foi aprovado pode se inscrever na lista de espera no site do Sisu até o dia 6 de fevereiro e acompanhar as chamadas que serão feitas a partir de 11 de fevereiro. A participação na lista de espera somente poderá ser feita na primeira opção de vaga do candidato.

Do total de vagas ofertadas por universidades federais, institutos tecnológicos e universidades estaduais nesta primeira edição do Sisu, 82.879 (ou 40%) foram destinadas a estudantes que atendam aos quesitos da Lei de Cotas, ou seja, que tenham cursado todo o ensino médio em escolas públicas.

Pela lei, neste processo seletivo do Sisu, pelo menos 37,5% de suas vagas foram reservadas para cotistas. Até 2016, as instituições deverão atingir o percentual de 50% de vagas reservadas.

Além da Lei de Cotas, algumas instituições promovem reserva de vagas por ações afirmativas, como vaga para deficientes, quilombolas ou um índice maior para alunos negros, pardos ou indígenas. No total, 12.825 vagas do Sisu foram reservadas para ações afirmativas das universidades e institutos.

Fonte: G1.globo.com

Pernambuco tem 197 mil inscrições no Enem 2013, informa MEC

A menos de uma semana para terminar o prazo de inscrições na edição 2013 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 197.152 pessoas já haviam se inscrito até as 18h15 desta terça-feira (21) em Pernambuco, segundo balanço divulgado pelo Ministério da Educação. Pernambuco é o terceiro estado do Nordeste com maior número de candidatos, perdendo para Bahia (290.617) e Ceará (274.370). Em todo o Brasil, o número é de 3.912.719 milhões. O período de inscrições, aberto no último dia 13, segue até segunda (27).

Os estados de São Paulo e Minas Gerais respondem por cerca de um quarto das inscrições até agora. São Paulo, com 623.549 pessoas, seguido por Minas Gerais, com 419.851, são os estados que mais inscreveram estudantes. Depois aparece Rio de Janeiro, com 290.617 inscritos, e Bahia em seguida, com 263.042 candidatos. Para participar do Enem, é possível se inscrever até o dia 27 de maio. O pagamento da taxa, no valor de R$ 35, pode ser feito até o dia 29. As provas serão nos dias 26 e 27 de outubro.

O MEC colocou no ar um site com o passo a passo para ajudar o candidato fazer a inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2013). O endereço do site é www.enem.inep.gov.br. Nele também é possível acessar o link para a página de inscrição.

O passo a passo mostra como a inscrição deve ser feita e traz informações importantes, como a de que o Cartão de Confirmação da Inscrição será enviado, por via postal, para o endereço informado pelo participante no ato da inscrição; como encontrar no sistema a escola onde fez o ensino médio; e de que o estudante deverá guardar o número de inscrição para acessar o sistema futuramente.

No balanço divulgado pelo MEC às 18h30 da segunda-feira, o Enem já computava 472.495 inscrições. No ano passado, no primeiro dia de inscrições, até as 20h20, foram contabilizadas 512.029 inscrições.