Técnico do Araripina mantém ritmo nos treinos para partida de domingo (20)

Depois da primeira vitória em casa, o Araripina respira aliviado e já quer repetir a dose na próxima rodada. Mas, o time talvez nem veja a bola rolar. Isso porque o Serrano, adversário da 8ª rodada da Série A-2 do Pernambucano, pediu afastamento da competição. Mesmo assim, o Bode mantém o ritmo de preparação para o confronto.

– A gente não tem que estar pensando nas dificuldades do adversário. Se eles vierem, a gente joga, mas também se não vierem o problema é deles. O nosso dever é ganhar o jogo, se houver – enfatizou o meia do Araripina, Mizael.

O discurso é o mesmo do treinador Williams Rodrigues, que não quer que a equipe perca o ritmo de preparação.

– Vamos trabalhar para o jogo de domingo e se não tiver, a gente não pode fazer nada, mas vamos treinar do mesmo jeito – explicou o técnico.

O jogo está agendado para o domingo, às 16 horas, no Chapadão do Araripe.

Fonte: G1.globo.com

 

Sem pagamentos, aposentados criticam o descompromisso da atual gestão

O clima de revolta está instaurado no município de Araripina, no sertão de Pernambuco, e na manhã de hoje (16), uma servidora aposentada participou por telefone para desabafar diante da situação que vem sendo submetida pela atual gestão, que não tem cumprido com o seu compromisso com os aposentados da Prefeitura Municipal, atrasando e não dando qualquer previsão de pagamento aos mesmos.

Segundo a servidora aposentada, os pagamentos começaram sendo realizados no dia primeiro de cada mês, em seguida passando para o quinto dia útil, e atualmente (hoje são 16) não havia sido dado qualquer posicionamento sobre o pagamento dos aposentados. O clima de revolta era visível no tom de voz da servidora, que lembrou que já esteve no ArariPrev (órgão que representa os aposentados da Prefeitura de Araripina) e que previsão alguma havia sido dada.

Eu trabalhei foi 33 anos… para esta numa humilhação dessas!”, desabafa a servidora aposentada diante do descaso e falta de compromisso da atual gestão com os servidores que muito já fizeram pelo município quando ativos.

Ouça a servidora que desabafou por telefone abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=DoO6fsHsA70

 

Sebrae apresenta o movimento ‘Compre dos Pequenos Negócios’ aos empresários da região

A Unidade Sebrae Araripina, no Sertão de Pernambuco, lança na manhã de hoje (31), o Movimento Compre dos Pequenos Negócios, que tem por principal objetivo incentivar a economia local e gerar fontes de renda dentro do próprio município. Nesse momento, uma recepção acontece no auditório daquela Unidade onde a sua Gerente, Lucélia Barros, apresenta os pontos do movimento Compre dos Pequenos Negócios aos diversos empresários, imprensa e colaboradores.

Com a presença de empresários de diversos ramos e dos principais municípios circunvizinhos da região do Araripe, como Ouricuri, Trindade, e distritos que compõem o município de Araripina, também no sertão de Pernambuco, o Movimento emprega-se em uma forte campanha para apoiar as empresas que em sua maioria são responsáveis pelas primeiras oportunidades de emprego; que tem importância na contribuição do PIB nacional e principalmente por gerar recursos que irão permanecer e fortalecer, financeiramente, a comunidade a qual está inserido e assim fazendo a economia fomentar e gerando renda.

O Sebrae promoverá diversas ações, sempre simultaneamente nos municípios que compõem a região do Araripe, de maneira a firmar a marca da campanha e conscientizar o empresário de sua força econômica, seja do mercadinho, até aquele empresário do pólo gesseiro. Todo o material da campanha está disponível no site www.compredopequeno.com.br e o material está disponível a todas as empresas que se cadastrarem.

Participe!

Alunos protestam pela falta de transporte público escolar

Nem o forte sol na manhã dessa quinta-feira (27), impediu que uma numerosa quantidade de alunos das redes públicas municipal e estadual fossem a porta da Prefeitura Municipal de Araripina, no sertão de Pernambuco, protestar pelos seus direitos! Munidos de apitos, cartazes, megafones e uma voz de clamor pedindo atenção a sua situação, eles se manifestaram de maneira totalmente pacífica!

Sob os gritos de Ladrão!, os alunos gritaram a porta da Prefeitura e ameaçavam invadir o prédio. Organizados pelos Grêmios Estudantis de algumas escolas, os alunos chamaram atenção a sua delicada situação: ausência do transporte escolar, gerando uma dificuldade em sua locomoção – lembrando que em sua maioria, esses alunos são residentes da zona rural do município – até as unidades escolar que se encontram dentro do município; assim, prejudicando o ano letivo e inviabilizando o translado dos mesmos.

Com direito a música de protesto e ânimos elevados, eles cantaram e exigiram, também, merenda de qualidade – lembrando que algumas escolas estão sem dispor da mesma aos seus discentes. Com gritos de duras críticas a atual Gestão e exigindo que o pagamento do transporte escolar fosse realizado, eles exigiram uma atitude a situação que vivem.

https://www.youtube.com/watch?v=05YbkbeEFZQ&feature=youtu.be

Até a conclusão desse texto, nenhum funcionário da prefeitura havia saído para conversar com as lideranças da manifestação.

 

Nova paralisação dos ônibus revolta pais de alunos!

A manhã de hoje (19), pais de diversos pontos do município de Araripina, no Sertão de Pernambuco, estiveram participando via telefone de um programa de rádio para denunciar e reclamar sobre a paralisação dos ônibus escolares. Sobre diversos desafetos a gestão atual, o principal deles era que o atual gestor não estava cumprindo com seus deveres e assim pagando os motoristas, causando esse mal-estar e consequentemente a paralisação.

Segundo uma mãe, a paralisação prejudica os alunos que estão na metade do ano letivo e terão sua situação letiva complicada devido a incapacidade de se deslocar até a unidade escolar, para eventuais aulas; uma vez que a maioria do alunado que depende do transporte são alunos que residem na zona rural do município.

A paralisação dos motoristas seria devido à ausência de pagamento dos mesmos, repetindo-se o que já acontecera anteriormente quando eles foram ameaçados de paralisar mas acabaram tendo seus vencimentos recebidos – ou parte deles – normalizando, assim as atividades. “Eu queria pedir ao senhor Prefeito, que ele tenha um pouco mais de humildade e responsabilidade. Se ele contrata, ele tem que arcar com as responsabilidades!”, pontuou a mãe.