Trindade sedia o 2º Festival de Espetáculos, Performances e Monólogos

Sendo as artes cênicas e a dança um dos segmentos culturais que mais crescem na região do Araripe, viu-se a necessidade de criar novos horizontes para a valorização da cultura. No município, desde 2012, a Cia Teatral Arte Livre realiza atividades culturais para a população a exemplo do primeiro festival de artes cênicas realizado no ano passado em parceria com a Prefeitura Municipal de Trindade.

A segunda edição do Festival, prioriza o fomento das artes cênicas e a formação, questionamento e enriquecimento cultural do público no município, como também de todas as regiões circunvizinhas, além do intercâmbio cultural entre artistas, público e demais profissionais envolvidos na área.

Com o grande sucesso do I Festival de Teatro de Trindade, no sertão de Pernambuco, promove-se no ano de 2015 o II Festival, abrindo novas oportunidades aos diversos grupos teatrais para mostrarem seu talento através dos seguimentos que competem ao edital desse ano que são: Espetáculos, Performances (Dança) e Monólogos. Prestando uma homenagem a cidade de Trindade e carregando em sua premiação o título “Troféu Capital do Gesso” em comemoração à lei de nº 15.115 que conferiu ao município o referido título.

11720186_860059744031101_966972830_o

Fonte: Organização do Evento

‘Jornada Literária’ leva programação cultural ao Sertão do Araripe

A região do Sertão do Araripe recebe de 13 a 23 de maio, a ‘Jornada Literária Chapada do Araripe’, evento cultural que integra literatura, teatro, dança e música. A programação do festival, que está na terceira edição, vai percorrer oito municípios do Sertão pernambucano, Araripina, Ipubi, Trindade, Ouricuri, Moreilândia, Granito, Bodocó e Exu. Todas as atividades são gratuitas e abertas a todos os públicos.

Araripina (13 e 14 de maio)

A Jornada inicia na cidade de Araripina, com atividades na terça-feira (13) com um cortejo cultural, às 7h, partindo da praça da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição. Em seguida, às 9h, quatro instituições de ensino recebem debates com escritores e roda de leitura. Ainda na terça, a praça Dom Campelo de Aragão vai receber duas intervenções artísticas, ‘Só quando eu crescer’, às 16h30, e ‘Lourival, o escritor’, às 19h30. A programação do dia 13 termina com uma roda de conversa com o poeta Lourival Holanda de Bodocó, às 20h, na quadra da Faculdade de Formação de Professores de Araripina (Fafopa).

Na quinta-feira (14), três escolas da cidade terão debates com escritores pernambucanos, às 9h. O mesmo horário, ‘Só quando eu crescer’ será apresentado na praça Dom Campelo de Aragão. No período da tarde, às 14h, a Escola Municipal Maria Luzanira Muniz recebe uma roda de leitura. Já durante a noite, o público poderá conferir na mesa da FAFOPA, a partir das 20h30, uma mesa de glosa, ou seja, um encontro de poetas que improvisam textos rimados a partir de um “mote”.

Trindade (15) e Ipubi (16 de maio)

Em Trindade, a programação é semelhante. Com uma intervenção artística na praça da Igreja Matriz Divino Espírito Santo, às 9h, um debate com escritores em escolas da cidade, às 14h, e uma mesa de glosa, às 19h. Finaliza as atividades em Trindade, uma apresentação do cantor Maviael Melo, no auditório da Secretaria de Educação, às 20h30.

Em Ipubi, a apresentação ‘Só quando eu crescer’, será feita às 10h na Escola Euzélia de Melo Campos. No mesmo local, às 14h, acontece uma roda de conversa com poetas de diversas cidades de Pernambuco. Fechando as ações no município, os repentistas Antônio Lisboa e Edmilson Ferreira fazem shows, às 20h, na Praça Nilza Lins.

Ouricuri (17 e 18 de maio)

No domingo (17), as atividades começam com um recital de poesia itinerante, às 17h, com os poetas Allan Sales, David Henrique, Luna Vitrolira e Socorro Oliveira, na Praça Frei Damião. Às 18h, o público poderá conferir o espetáculo ‘Sob o Sol e Sob a Lua tem Palhaço na Rua’, na Praça Padre Francisco Pedro da Silva. O cantor Maviael Melo se apresenta, a partir das 20h, no Clube do BNB.

Na segunda-feira (18), das 8h às 12h, acontece uma oficina de cordel na Escola Estadual São Vicente de Paula. Às 9h, quatro escolas recebem debates com escritores. No período da tarde, a praça da Igreja Matriz São Sebastião será palco de dois espetáculos, a partir das 16h. Os poetas Virgílio e Davi Siqueira realizam a intervenção poético-musical ‘O menino e o poeta’, às 19h30, no Clube do BNB.

Granito (19), Exu (20) e Moreilândia (21 de maio)

Nos três municípios acontecem debates em escolas da rede público, às 9h. Em Exu será realizada, das 8h às 12h, uma oficina de cordel na Escola Barão do Exu. No período da tarde serão realizados espetáculos nas praças das igrejas matrizes. Os três locais também recebem recitais de poesia. Às 19h estão previstas mesas de glosa na quadra do EREM Governador Miguel Arraes, em Granito, e na Escola Bárbara Alencar, em Exu.

Bodocó (22 e 23 de maio)

Bodocó é último município a sediar as atividades da Jornada. Na sexta-feira (22), as ações começam cedo, às 7h, com uma alvorada festiva na praça da Igreja Matriz de São José que contará com a presença de aboiadores, da Banda de Pífano do Jardim e da Banda Marcial da Fundação José Marcolino. Às 9h acontecem debates em cinco escolas da cidade e um recital de poesia no Sesc.

Ainda na sexta-feira, às 15h, será realizada a palestra ‘Literatura e humor’ na Escola Municipal Antônia Lócio da Cruz. Estão previstas intervenções, a partir das 16h, na Praça José Gomes de Sá e nas ruas da cidade. Ainda acontecem, a partir das 19h, a palestra ‘Mulheres e homens nas veredas do cangaço’ e um recital na quadra da Escola João Carlos Lócio.

No sábado (23), às 9h e às 16h, estão previstas intervenções itinerantes pelas ruas da cidade e um espetáculo na Praça José Gomes de Sá. O encerramento da Jornada será na Várzea do Meio. No local, a partir das 19h, acontecem os recitais ‘Um dedo de prosa’ e ‘Récita’, além disso, os artistas locais Miguel Filho, Paulo Barbosa e Zé Pereira fazem uma serenata. O cantor bodocoense Flávio Leandro é a última atração do festival com um show acústico na Casa de Taipa.

A programação detalhada da Jornada Literária Chapada do Araripe está disponível no site do Sesc Pernambuco.

Fonte: Sesc Ler Araripina

Sesc Araripina realiza “Mostra Duos de Dança” no dia 28

Acontece esse final de semana em Araripina, Sertao de Pernambuco, mais uma edição da “Mostra Duos de Dança”, projeto que tem como alvo os amantes da dança. O evento acontece a cada dois meses na Unidade Sesc Araripina, com apresentações gratuitas e devem acontecer neste sábado (28), a partir das 19h.

A mostra deste mês é composta por apresentações feitas por duplas. Os bailarinos são estudantes do curso de Dança do Sesc e desenvolveram as próprias coreografias que serão exibidas no dia. No total, serão dez duos com movimentos inspirados na temática popular.

O projeto ‘Mostra Duos de Dança’ começou em janeiro de 2014 e realiza bimestralmente, sempre no último sábado do mês, os trabalhos desenvolvidos pelos alunos. As apresentações do dia 28 se estendem até às 22h e têm classificação livre. O salão de dança tem capacidade para mais de 150 pessoas. Outras informações pelo telefone: (87) 3873-0812.

Serviço:

Mostra Duos de Dança

Data: 28 de fevereiro
Horário: 19h
Local: Salão do Sesc, localizado na rua Vereador José Barreto de Alencar, s/n, Centro.
Entrada gratuita

Grupo de hip hop vem se destacando em Araripina

Recentemente um Grupo de Hip Hop, de Araripina, no Sertão de Pernambuco, vem ganhando notoriedade nacional ao quebrar um recorde com o movimento Chair To Elbow to Hand (Cadeira do cotovelo à mão, em tradução livre), realizando 11 repetições e superando o recorde anterior; o feito, produzido pelo jovem Felipe Jhonata (20 anos).

Iniciado por volta de 2008, o Grupo de Hip Hop Colisão BBoys é um grupo experiente no que diz respeito a dança de rua, Hip Hop ou Street Dance. Com um número de integrantes superior a dez membros fixos e sempre adicionando mais gente as suas fileiras, o grupo está subdividido em duas categorias: Os titulares, que ensinando os novatos e se aprimoram constantemente com treinos (que acontecem no espaço cedido pela Secretaria de Cultura de Araripina); e um subgrupo chamado de Conexão CB, formado por iniciantes, com idade variada e um número significativo de garotas entre os membros. Sempre promovendo a integração entre membros de várias faixas etárias, multigêneros e valores para melhorar a sociedade.

Com toda essa bagagem, no último dia 17, um vídeo gravado no celular de um dos membros bombou nos grupos de whatsapp e redes sociais diversas. Nele, Felipe Jhonata executava o Chair To Elbow to Hand, superando o recorde anterior e atingindo a marca de 11 repetições. Uma grande vitória e uma importância singular ao Grupo que tem poucos recursos e poucos subsídios na cidade. Em conversa com os membros Felipe Jhonata e Tony Aldair, ambos falaram que a maior dificuldade do grupo é a ausência de patrocínio e que já perderam de competir em grandes eventos devido dificuldades financeiras. Apesar disso, sempre que possível a Secretaria de Cultura de Araripina disponibiliza e auxilia os garotos com condução para cidades circunvizinhas onde costumam acontecer concursos e disputas de Hip Hop.

Confira abaixo o vídeo onde Felipe Jhonata executa seu movimento Chair To Elbow To Hand, e quebra o recorde estabelecido:

https://www.youtube.com/watch?v=YlSNX90NG84

 

https://www.youtube.com/watch?v=KWFDrTFUB-E

Ouricuri recebe um dos percussores do Hip hop no Brasil

A Cidade de Ouricuri receberá nesta terça feira (16) a visita de um dos nomes mais importantes do hip hop no Brasil. Trata-se de King Nino Brown, representante maior no país da Zulu Nation.

King Nino Brown tem uma história de mais de 30 anos na cultura hip hop do país, residente em São Paulo, foi um dos fundadores da Zulu Nation no Brasil, participou da fundação de grandes marcos da cultura Hip Hop no país.

Ele é um arte educador, pesquisador e militante da cultura negra e do Hip Hop mais especificamente. Já participou de eventos em todo o Brasil e em outros países. A Zulu Nation, organização a qual o King Nino Brown é o representante maior no Brasil foi criada nos estados unidos na década de 70 pelo mesmo criador do movimento hip hop, Africa Bambaataa, essa organização está presente em dezenas de países do mundo e visa construir uma sociedade melhor baseada em pilares como paz, união, sabedoria, respeito e conhecimento, no interior pernambucano essa organização tem como seu representante o ouricuriense Júnior Baladeira.

King Nino Brown fará uma palestra sobre cultura e educação nesta terça feira ás 19 horas Na Quadra da Escola Dom Idílio José Soares em Ouricuri, a entrada é gratuita. Na oportunidade ocorrerão também apresentações culturais da cultura Hip Hop como o RAP e o breakin.

Fonte: Tribunacariri.com.br