SE APROVADO O REAJUSTE DA CELPE, CONTAS DE ENERGIA DEVERÁ TER REDUÇÃO 9,33%

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) apresentou à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) um pleito de reajuste tarifário de 4,65%. Se for aprovado, curiosamente, os consumidores poderão sentir uma redução de 9,33% nas contas. Isso devido ao término da revisão tarifária de 2005. Porém para que isso aconteça, é necessário que a Aneel aceite a proposta da Celpe.

Por enquanto, a proposta é preliminar. A Aneel é que ficará reponsável em definir o percentual. A partir da decisão do órgão, é que vai se ter uma visão clara, dependendo do reajuste aprovado, se vai haver mesmo a redução nas contas.

A Aneel tem até o dia 29 de abril para tomar a decisão sobre o reajuste. O assunto envolve cálculos de outros componentes financeiros. Segundo a Aneel, quando é aplicado o índice proposto (4,65%) na fórmula de cálculo tarifário chega-se a um efeito negativo. “Numa fórmula matemática quando se multiplica um número positivo por outro negativo chega-se a um resultado negativo”, exemplificou uma assessora da Aneel.

O reajuste proposto pela Celpe leva em conta os custos com a administração, como os gastos com funcionários, e também custos com compra de energia, transporte e impostos.

Fonte: JC On line