CARTA MATUTA DE UM POETA DO SERTÃO

CARTA MATUTA DE UM POETA SERTANEJO Autor e Remetente: Dé Pajeú. Endereço: Cafundós do Sertão Pernambucano. Destino: Cacá Lopes Lajeado -Periferia – Zona Leste de São Paulo. Meu cumpade Cacá Lope Um forte aperto de mão, Receba o meu abraço De alma, de coração, Desse amigo cantadô São versos de gratidão. É uma carta matuta …