Dia do Desafio 2015 mobiliza Araripina contra o sedentarismo

Acontece durante todo o dia de hoje (27), em todo o Brasil e nos países participante o Dia do Desafio. Ação, desenvolvida pelo SESC, tem como principal objetivo que as pessoas, atletas ou não-atletas, realizem 15 minutos de uma atividade física ao seu prazer; numa forma lúdica de sair da rotina de trabalho do dia a dia.

O Dia do Desafio 2015 trata-se de mobilizar e combater o sedentarismo em mais de 3 mil cidades espalhadas pelo mundo todo, onde será possível estar encontrando polos para a realização de uma atividade física de baixo impacto durante 15 minutos. Vale lembrar que o Dia do Desafio não é uma competição, embora seja uma disputa, não cabe a ela se destinada a competir contra equipe A ou B, o mesmo é comumente visto como uma disputa saudável na qual vence aquela – cidade – que mobilizar o maior número de pessoas em cálculos percentual, isso de acordo com o número total de habitantes.

Araripina, no sertão do Pernambuco, está entre os mais de 300 municípios inscritos no Brasil. A Unidade Sesc Araripina estará com suas estruturas à disposição durante todo o dia do evento, acolhendo e proporcionando a realização de atividades físicas a todos os interessados que se dirigirem aquela unidade.

Em nota, Prefeitura cancela Carnaval de Araripina

Em nota publicada no site oficial da Prefeita Municipal de Araripina, o gestor da mesma anuncia em caráter de oficialização que no ano de 2015 não será realizado Carnaval na cidade de Araripina. Ainda sobre a nota publicada, o senhor Prefeito comunica que o dinheiro que seria utilizado para a realização dos festejos do Carnaval 2015 serão utilizado para outros fins, tais quais:

  • Realização de um grande São João (Evento de grande porte, realizado em Junho);
  • Restabelecer a ordem financeira;
  • Quitação do débitos dos professores substitutos;
  • Quitação do debito com os transportes terceirizados da Secretaria de Saúde (Ambulâncias);
  • Construção de uma nova sede para a Banda Maestro Álvaro Campos.

No próprio texto oficial, é explicito a questão da crise financeira enfrentada pelos municípios brasileiros e salienta que utilizar esses recursos para esse fim agora, iriam implicar em um desequilíbrio financeiro para os cofres municipais, que tem como foco políticas públicas de maior alcance social, no momento. Por fim, é pedido a compreensão de todos pelo lamentável fato.

E você, leitor, o que acha de tudo isso?