O difícil martírio do Bode do Araripe para não cair para a Segunda Divisão!

Softagon Sistemas em Araripina

O Bode do Araripe vai terminar o turno do Campeonato Pernambucano de Futebol Coca Cola no máximo com 14 pontos, isso se vencer o Serra Talhada no Nildo Pereira. Se empatar, termina com 12 pontos e se perder estaciona em 1l pontos, um ponto por partida em média, o que é um péssimo retrospecto para o returno.

Uma péssima campanha e que acende a luz vermelha do rebaixamento em face do espectro dos jogos do returno.

Das onze partidas a disputar depois do jogo do Serra Talhada, o Araripina vai jogar três vezes no Recife contra Santa Cruz, Náutico e Sport, tarefa difícil, indigesta! Pega ainda o América no Ademir Cunha, o Salgueiro no Cornélio de Barros e tem difíceis jogos em casa contra Serra Talhada, Porto, Central, Petrolina, Ypiranga e Belo Jardim. Tudo pedreira com esses times na embolada final lutando com o mesmo Araripina para fugir da degola ou ficar no pelotão intermediário.

Ninguém pense que a situação do Araripina é fácil! É muito mais difícil do que em 2009, 2010 e 2011, pois o time deveria terminar o turno pelo menos com 20 pontos, se não fosse o excesso de empates e derrotas.

Ninguém deseja o pior, mas o time não tem mais o direito de vacilar no Chapadão do Araripe e tem que somar pelo menos três vitórias surpreendentes fora de casa no returno para respirar e não frustrar a Nação Bodeira!

SANDRO MORAES
1584-DRT/PE

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: