Mulheres de Araripina retiram gratuitamente documentos

A Secretaria das Mulheres Fabiola Paiva afirmou que entre o período de 30 a 60 dias os documentos retirados no Programa Nenhuma Pernambucana Sem Documento chegarão à Araripina e todas mulheres que participaram serão comunicadas. Ela ainda destacou a participação das mulheres especialmente da zona rural. “Recebemos muitas mulheres que moram nos sítios e serras e que com este programa poderão ter mais dignidade e cidadania”, destacou.

A Prefeitura de Araripina, por meio da Secretaria Especial dos Direitos da Mulher e em parceria com a Secretaria Estadual da Mulher promoveu durante toda esta terça-feira (21) o Programa Nenhuma Pernambucana Sem Documento na quadra da AEDA.

Dias antes a Secretaria Estadual houve um ciclo de capacitações na cidade discutindo três eixos importantes: gênero, cidadania e apresentação de seminários para os poderes Executivo e Legislativo. Diversas mulheres participaram dos três dias de treinamento para em seguida executar o projeto.
Durante todo o dia foram retirados documentos como certidões de nascimento e primeira e segunda via de documentos de identidade. De acordo com a coordenadora de Emissão de Documentos Renata Mesquita com a documentação as mulheres garantem o direito de serem incluídas nas políticas públicas e obtêm benefícios, como por exemplo, aposentadoria, assistência social, salário maternidade, crédito, assistência técnica, pensão.

Na passagem por Araripina o programa emitiu 100 documentos de identidade e mais de 80 certidões de nascimento. O Nenhuma Pernambucana Sem Documento tem o apoio da Polícia Civil de Pernambuco, da Secretaria de Segurança Pública e do Instituto Tavares Buril e do Programa Minha Certidão.

Publicado por Cidade de Araripina Pernambuco

Sobre

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: