MORRE CHIQUINHA GONZAGA, IRMÃ DO REI DO BAIÃO

Faleceu, às 5h de ontem, a sanfoneira, cantora e compositora Francisca Januária dos Santos, 86 anos, a Chiquinha Gonzaga, irmã do Rei do Baião Luiz Gonzaga. Chiquinha era a última dos nove irmãos de Gonzagão ainda viva. ´Não temos mais filhos de Santana e Januário vivos`, resume Joquinha Gonzaga, sobrinho dos dois músicos, que também carrega o legado da sanfona na família.

Chiquinha Gonzaga sofria de Alzheimer e foi internada com quadro de pneumonia Foto: Julio Jacobina/DP Nos últimos anos, Chiquinha vinha sofrendo de Alzheimer. ´A situação dela ia piorando a cada dia. Ia de casa para o hospital, do hospital para casa`, explica Joquinha. Na noite de anteontem, passou mal e foi socorrida para o hospital com quadro de pneumonia e infecção urinária. ´Infelizmente, ela não resistiu`, disse Joquinha, comovido.

A história de Chiquinha, mesmo à sombra do irmão, carrega em si muita autenticidade. Ela subiu num palco pela primeira vez aos 41 anos, mas já tocava sanfona desde pequena, escondida dos outros. Na história da música brasileira, foi a primeiramulher a tocar oito-baixos profissionalmente.

Conseguiu reconhecimento no seu estilo, mesmo sem o incentivo do irmão. Em 1952, apresentou-se com a família no espetáculo Os sete Gonzagas, e, em 2009, numa entrevista concedida ao Diario, revelou que Luiz não aceitou a proposta de continuar com o show e os mandou que ´se virassem`. E se virou bem. Na sua trajetória, conta, inclusive, com disco produzido por Gilberto Gil, o Pronde tu vai, Luiz?.

A família prestará homenagem à artista durante o velório. A cerimônia de sepultamento será realizada no cemitério Tanque do Anil, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, onde está localizado o mausoléu da família.

“Não temos mais filhos de Santana e Januário vivos” Joquinha Gonzaga, sobrinho e herdeiro musical de Chiquinha

0 comentário(s) | Comente essa notícia | Leia os comentários

Edição do dia
Anteriores
Selecione a data do Diario que você deseja visualizar
Dia: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
Mês: Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
Ano: 2011 2010 2009 2008 2007 2006 2005 2004 2003 2002 2001 2000 1999 1998 1997

• Ir para o índice geral
• Ir para o índice do caderno

Dá pra ver até os grãos de areia

Música

Silencia a sanfona de Chiquinha

Patio de São Pedro // Cordeis portugueses

Dona Carolina // Samba-rock na Zona Sul

Documentário // Delfim Amorim na universidade

João Alberto

Solista canadense no CPM

Cinema

Televisão

Desenhos para adultos

BBB11 // Jaqueline fora do jogo

Faleceu, às 5h de ontem, a sanfoneira, cantora e compositora Francisca Januária dos Santos, 86 anos, a Chiquinha Gonzaga, irmã do Rei do Baião Luiz Gonzaga. Chiquinha era a última dos nove irmãos de Gonzagão ainda viva. ´Não temos mais filhos de Santana e Januário vivos`, resume Joquinha Gonzaga, sobrinho dos dois músicos, que também carrega o legado da sanfona na família.

Chiquinha Gonzaga sofria de Alzheimer e foi internada com quadro de pneumonia Foto: Julio Jacobina/DP Nos últimos anos, Chiquinha vinha sofrendo de Alzheimer. ´A situação dela ia piorando a cada dia. Ia de casa para o hospital, do hospital para casa`, explica Joquinha. Na noite de anteontem, passou mal e foi socorrida para o hospital com quadro de pneumonia e infecção urinária. ´Infelizmente, ela não resistiu`, disse Joquinha, comovido.

A história de Chiquinha, mesmo à sombra do irmão, carrega em si muita autenticidade. Ela subiu num palco pela primeira vez aos 41 anos, mas já tocava sanfona desde pequena, escondida dos outros. Na história da música brasileira, foi a primeiramulher a tocar oito-baixos profissionalmente.

Conseguiu reconhecimento no seu estilo, mesmo sem o incentivo do irmão. Em 1952, apresentou-se com a família no espetáculo Os sete Gonzagas, e, em 2009, numa entrevista concedida ao Diario, revelou que Luiz não aceitou a proposta de continuar com o show e os mandou que ´se virassem`. E se virou bem. Na sua trajetória, conta, inclusive, com disco produzido por Gilberto Gil, o Pronde tu vai, Luiz?.

A família prestará homenagem à artista durante o velório. A cerimônia de sepultamento será realizada no cemitério Tanque do Anil, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, onde está localizado o mausoléu da família.

“Não temos mais filhos de Santana e Januário vivos” Joquinha Gonzaga, sobrinho e herdeiro musical de Chiquinha

0 comentário(s) | Comente essa notícia | Leia os comentários

Edição do dia
Anteriores
Selecione a data do Diario que você deseja visualizar
Dia: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
Mês: Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
Ano: 2011 2010 2009 2008 2007 2006 2005 2004 2003 2002 2001 2000 1999 1998 1997

• Ir para o índice geral
• Ir para o índice do caderno

Dá pra ver até os grãos de areia

Música

Silencia a sanfona de Chiquinha

Patio de São Pedro // Cordeis portugueses

Dona Carolina // Samba-rock na Zona Sul

Documentário // Delfim Amorim na universidade

João Alberto

Solista canadense no CPM

Cinema

Televisão

Desenhos para adultos

BBB11 // Jaqueline fora do jogo

Publicado por Cacá Lopes

Sou cantor e compositor profissional, além de poeta popular. Trabalho com música e cordel.Nasci em Araripina-PE, no sopé da chapada do Araripe, região encantada que deu a humanidade Patativa do Assaré e Luiz Gonzaga, referenciais sempre presentes em minha arte.

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: