Os candidatos que foram aprovados nos cursos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) devem fazer a matrícula na instituição correspondente a partir de hoje (30) até terça-feira (3). O candidato selecionado pelo Sisu deverá verificar, junto à instituição de ensino em que foi aprovado, o local, horário e procedimentos para matrícula.

O Sisu teve um total de 2.791.334 candidatos inscritos para 205.514 vagas de 5.631 cursos em universidades federais e institutos tecnológicos.

lista de aprovados está disponível no site do processo seletivo: sisu.mec.gov.br. O candidato pode consultar seu desempenho inserindo o número de inscrição no Enem e a senha de inscrição. O site permite ainda recuperar a senha do Enem.

Muita gente não se matricula
O Sisu usa como critério de seleção a nota do candidato no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014. O programa permite ao estudante se candidatar a uma universidade pública de qualquer estado brasileiro. Mas esta mobilidade acaba esbarrando em condições pessoais para poder mudar e se sustentar em outra cidade.

Muitos aprovados na primeira chamada do Sisu acabam não aparecendo nos dias de matrícula. No ano passado, menos da metade das vagas oferecidas na edição do primeiro semestre de 2014 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), em janeiro, foi preenchida na primeira chamada. Do total de convocados, apenas 44% dos estudantes convocados efetivamente se matricularam nos cursos aprovados e em 23,4%, as vagas preenchidas não ultrapassaram 25% do total oferecido.

Em 2013, o índice de vagas preenchidas na primeira chamada foi de 41%, e em 2012, de 43,6%.

Lista de espera
Este ano o Sisu não terá segunda chamada. Quem não foi aprovado pode se inscrever na lista de espera no site do Sisu até o dia 6 de fevereiro e acompanhar as chamadas que serão feitas a partir de 11 de fevereiro. A participação na lista de espera somente poderá ser feita na primeira opção de vaga do candidato.

Do total de vagas ofertadas por universidades federais, institutos tecnológicos e universidades estaduais nesta primeira edição do Sisu, 82.879 (ou 40%) foram destinadas a estudantes que atendam aos quesitos da Lei de Cotas, ou seja, que tenham cursado todo o ensino médio em escolas públicas.

Pela lei, neste processo seletivo do Sisu, pelo menos 37,5% de suas vagas foram reservadas para cotistas. Até 2016, as instituições deverão atingir o percentual de 50% de vagas reservadas.

Além da Lei de Cotas, algumas instituições promovem reserva de vagas por ações afirmativas, como vaga para deficientes, quilombolas ou um índice maior para alunos negros, pardos ou indígenas. No total, 12.825 vagas do Sisu foram reservadas para ações afirmativas das universidades e institutos.

Fonte: G1.globo.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.