Jogo de Afirmação e PERIGO…

Em recente jogo que assisti entre Sport e Vitória, no Carneirão, em Vitória de Santo Antão, surpreendi-me com o bom comportamento da Torcida Jovem do Sport. Esses jovens apaixonados pelo Sport Recife acompanham o rubro-negro onde ele for. Não será muito difícil estarem no Chapadão do Araripe na partida contra o Araripina, no próximo domingo.

Mas, a exceção não é a regra. A Torcida Jovem do Sport sempre faz arrastões, antes e depois, nas imediações da Ilha do Retiro e na Avenida Agamenon Magalhães, no Recife. Posso falar com conhecimento de causa, uma vez que morei 21 anos no Recife e desde 1975, muito antes de morar na Capital, já frequentava a Ilha do Retiro.

Antigamente, as torcidas organizadas do Sport mais conhecidas eram a Bafo do Leão e a Treme-Terra (ordeiras e formadas por músicos). A Torcida Jovem do Sport veio a aparecer em meados dos anos 80 para os anos 90, assim como a Inferno Coral e a Timbucana, ambas do Santa Cruz e Náutico.

Essas torcidas organizadas, como a Torcida Jovem, nasceram com a rebeldia e a quebra de regras comuns à juventude mais atual. São acostumadas a depedrarem ônibus e brigarem entre si quando se encontram nas ruas do Recife, em dia de Clássicos , nas paradas de ônibus, principalmente na Avenida Rosa e Silva, na Avenida Beberibe e Canal do Arruda, na Praça do Derby, em frente ao Real Hospital Português do Recife e quando vão descendo em direção à Avenida Conde da Boa Vista, promovendo arruaças, depredações do patrimônio público e privado. Até ameaças no Orkut eles promovem antes dos jogos!

Não é muito raro, antes das partidas, o Batalhão de Choque da PMPE, deixar de castigo 200 até 500 componentes dessas organizadas de molho sem ver o jogo, detidos, no Batalhão que fica perto da Ilha do Retiro ou nos ginásios do Parque do Sport. Qualquer pessoa que acompanha o Campeonato Pernambucano de Futebol já viu essas cenas e sabe do que estou falando.

Já houve até morte de componentes dessas torcidas perto do Viaduto Chico Cience e no Canal do Arruda.

Também já tentaram acabar as organizadas em Pernambuco. Mas, a oposição foi grande. Aqui em Pernambuco ,não tiveram a coragem de decretar o fim das organizadas como fizeram em São Paulo através da atuação do Ministério Público, que, porém, durou pouco tempo e elas voltaram. Nas organizadas, infelizmente, tem muita gente infiltrada que só vai para provocar a baderna, arruaça e até furtos. O futebol, hoje, se esvazia, exatamente, por causa da violência e o que deveria ser uma diversão familiar torna-se um evento perigoso, até porque muitas vezes a polícia não sabe responder às ações dos vândalos nas arquibancadas e termina confundindo cidadãos de bem com bandidos na hora da repressão.

O Brasil se prepara para sediar uma Copa do Mundo e nesse contexto é preciso é rever todas essas questões que acontecem nos estádios, como a violência.

Mas, voltando ao jogo Sport X Araripina, a Torcida Jovem do Sport, com certeza, estará presente em Araripina, talvez já no sábado. E não é demais alertar os componentes da Segurança Pública para ficarem de alerta com a presença da rebelde torcida do Sport em Araripina. Acho esse jogo de grande risco pela experiência de acompanhar partidas de futebol no Recife, salvo engano…

Sandro Moraes

1.584-DRT/PE

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: