INTERCEPTAÇÃO TELEFÔNICA PODE COMPROMETER IRMÃOS LIRA

Uma conversa telefônica dos irmãos Lira interceptada com autorização judicial é , para acusação, a peça que faltava para comprovar a autoria material dos acusados do crime que vitimou duas jovens de classe média alta do Recife.

Na conversa, apresentada na sessão do júri, os irmãos kombeiros falam a respeito de um ocúlos usado por uma de suas namoradas que pertenceria a uma das vítimas: Tarsila Gusmão.

Segundo a degravação apresentada em lauda digitada, os irmãos kombeiros conversando com uma das namoradas fazem insinuações de que o GOE (Grupo de Operações Especiais) da SDS teria montado a prova para incriminá-los.

Sandro Moraes
Jornalista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.