Guga Coelho envia nota à imprensa e diz que foi agredido, quando revidou foi ameaçado por Biu Ramos

Depois do disse me disse em volta do assunto das agressões
verbais e fisicas ocorrido na noite da última quinta-feira (21) entre o
empresário Botinha, do ex-prefeito Biu Ramos e do vice-prefeito de Ouricuri
Guga Coelho. O vice-prefeito Guga Coelho, envia nota de esclarecimento a este
blog contando como tudo aconteceu e diz que foi agredido e quando revidou foi
ameaçado pelo ex-prefeito Biu Ramos
Confira a nota enviada ao blog
pelo vice-prefeito de Ouricuri, Guga Coelho:
Nesta última quinta-feira (21), por
volta das 19h, no Bairro Renascença (Batalhão) em Ouricuri, houve um
desentendimento entre o ex-prefeito da cidade, Francisco Ramos (Biu Ramos), o
empresário Lenarte Coelho (Botinha) e o atual vice-prefeito Gustavo Coelho
(Guga Coelho).
A discussão foi iniciada por
motivos políticos, envolvendo a votação das contas do também ex-prefeito Chico
Coelho, que é pai de Lenarte e tio de Guga.
Quando os dois seguiam para suas
residências, foram parados por Biu Ramos, que tocou no assunto da votação das
contas, onde em seguida fez agressões verbais e agrediu Lenarte com um soco na
altura do tórax, momento em que se iniciou as vias de fato. Preocupado com o
fato, Guga Coelho desceu do veículo para controlar a situação, e também foi
agredido por Biu Ramos, onde revidou as agressões e foi ameaçado pelo
ex-prefeito.
Biu Ramos é conhecido na cidade e
região do Araripe pelo seu comportamento agressivo, tendo já cometido e se
envolvido em outros episódios dessa natureza com outras pessoas.
Após o ocorrido, o vice-prefeito de
Ouricuri, Guga Coelho, prestou queixa e realizou o exame de corpo de delito no
Hospital Regional Fernando Bezerra.

Guga Coelho – vice-prefeito de
Ouricuri

Fonte: Blog do Cariri Filho

Publicado por Cidade de Araripina Pernambuco

Sobre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.