Recentemente um Grupo de Hip Hop, de Araripina, no Sertão de Pernambuco, vem ganhando notoriedade nacional ao quebrar um recorde com o movimento Chair To Elbow to Hand (Cadeira do cotovelo à mão, em tradução livre), realizando 11 repetições e superando o recorde anterior; o feito, produzido pelo jovem Felipe Jhonata (20 anos).

Iniciado por volta de 2008, o Grupo de Hip Hop Colisão BBoys é um grupo experiente no que diz respeito a dança de rua, Hip Hop ou Street Dance. Com um número de integrantes superior a dez membros fixos e sempre adicionando mais gente as suas fileiras, o grupo está subdividido em duas categorias: Os titulares, que ensinando os novatos e se aprimoram constantemente com treinos (que acontecem no espaço cedido pela Secretaria de Cultura de Araripina); e um subgrupo chamado de Conexão CB, formado por iniciantes, com idade variada e um número significativo de garotas entre os membros. Sempre promovendo a integração entre membros de várias faixas etárias, multigêneros e valores para melhorar a sociedade.

Com toda essa bagagem, no último dia 17, um vídeo gravado no celular de um dos membros bombou nos grupos de whatsapp e redes sociais diversas. Nele, Felipe Jhonata executava o Chair To Elbow to Hand, superando o recorde anterior e atingindo a marca de 11 repetições. Uma grande vitória e uma importância singular ao Grupo que tem poucos recursos e poucos subsídios na cidade. Em conversa com os membros Felipe Jhonata e Tony Aldair, ambos falaram que a maior dificuldade do grupo é a ausência de patrocínio e que já perderam de competir em grandes eventos devido dificuldades financeiras. Apesar disso, sempre que possível a Secretaria de Cultura de Araripina disponibiliza e auxilia os garotos com condução para cidades circunvizinhas onde costumam acontecer concursos e disputas de Hip Hop.

Confira abaixo o vídeo onde Felipe Jhonata executa seu movimento Chair To Elbow To Hand, e quebra o recorde estabelecido:

 

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: