O Governo do Estado do Ceará fechou acordo histórico para viabilizar melhorias na malha viária estadual. Mais de R$ 1 bilhão estão garantidos para obras de implantação e restauração de rodovias cearenses. O secretário da Infraestrutura, Adail Fontenele, o superintendente do Departamento Estadual de Rodovias (DER), Sérgio Azevedo, o diretor de obras de engenharia rodoviária do DER, Quirino Ponte e representantes da Procuradoria Geral do Estado (PGE), da Secretaria da Fazenda (Sefaz) e da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) estiveram reunidos, em Brasília, com a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e a Secretaria de Assuntos Internacionais (Sain), órgãos do Governo Federal, para definir os termos do acordo do financiamento com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O Programa Viário de Integração e Logística – Ceará IV consiste na ampliação e melhoria da malha rodoviária estadual, desenvolvimento de planos de fortalecimento institucional e, capacitação de servidores do DER e tem o objetivo de melhorar a integração regional e a logística econômico-produtiva, através de intervenções previstas na malha viária, proporcionando maior acessibilidade aos Polos de Desenvolvimento e integração dos grandes eixos viários de escoamento da produção, portos e aeroportos do Estado. A expectativa é que aproximadamente 35 trechos rodoviários sejam beneficiados pelo Ceará IV. “Esse programa vai mudar a categoria de várias estradas do Ceará, melhorando a sua geometria – largura, inclinações, raios de curva e reforço no pavimento – para permitir tráfego pesado de maior fluxo, que hoje só é permitido em BRs. O Ceará está com isso possibilitando a interiorização do desenvolvimento econômico por permitir o transporte de carga no interior do estado.”, comemora o secretário da Infraestrutura.

O valor destinado é de US$ 504.116.667 (quinhentos e quatro milhões, cento e dezesseis mil e seiscentos e sessenta e sete dólares), sendo US$ 400 milhões financiados pelo BID e US$ 104.116.667,00 (cento e quatro milhões, cento e dezesseis mil e seiscentos e sessenta e sete Dólares) de contrapartida do Estado, valores estes referentes a primeira etapa do programa. A proposta segue para análise da diretoria executiva do BID, em Washington e deve ser aprovada em reuniões previstas para o dia 03 de julho de 2013, quando se inicia o processo licitatório dos oito primeiros trechos da amostra representativa do programa, mesmo antes da assinatura do contrato. Segundo o superintendente do DER a partir do mês de agosto será iniciado o processo de negociação da segunda etapa do Ceará IV.

O programa começará a partir da pavimentação de quatro trechos e restauração de outros quatro. São eles:

Obras de pavimentação
Obras de restauração
Rodovia CE-187 – Trecho: Salitre/Divisa CE/PE, com 14km de extensão
Rodovia CE-060 – Trecho: Mombaça/Acopiara, com 46km de extensão
Rodovia CE-232 – Trecho: Massapê/Moraújo, com 42km de extensão
Rodovia CE-060 – Trecho: Juazeiro do Norte/Caririaçu, com 27km de extensão
Rodovia CE-253 – Trecho: Groaíras/Cariré, com 16km de extensão
Rodovia CE-371 – Trecho: Acopiara/Catarina, com 56km de extensão
Rodovia CE-371 – Trecho: Palhano/Itaiçaba, com 18km de extensão
Rodovia CE-183 – Trecho: Entroncamento BR-222/Varjota, com 53km de extensão

Esses trechos foram eleitos como representativos da amostra por técnicos do DER, que levaram em consideração aspectos técnicos e financeiros.

Fonte: www.karirioeste.com.br

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: