Aos 15 anos, a brasileira Flavia Saraiva, oriunda da cidade de Exu, no Sertão de Pernambuco, se consolida como um dos principais nomes da ginástica feminina nacional. Depois de liderar na conquista do bronze por equipes, a ginasta fez uma bela apresentação nos quatro aparelhos (solo, trave, salto e barras assimétricas) para conquistar o terceiro lugar na prova individual geral pelos Jogos Pan-Americanos de Toronto.

Muito aplaudida pelos torcedores que lotaram o Coliseu de Toronto, a brasileira fez ótimas apresentações no salto e na trave e conseguiu deixar para trás ginastas fortes de Estados Unidos e Canadá. Durante a trave, Flavia chegou a se desequilibrar e quase cair, mas conseguiu se segurar e levou os fãs ao delírio por ainda fechar a performance com um belo salto. “Pensei vou me segurar e não vou cair de jeito nenhum”, disse, aos risos.

No fechamento, a pequena ginasta de apenas 1,33 m e 32 kg foi excelente no solo ao garantir a medalha e a simpatia junto ao público com a nota de 14,650. Depois foi apenas aguardar as últimas ginastas para comemorar o bronze.

Flavia já havia chamado a atenção no ano passado ao conquistar três medalhas nos Jogos Olímpicos da Juventude de Nanquim, na China, sendo uma de ouro no solo. A brasileira ainda terá a chance de conquistar mais duas medalhas neste Pan: final do solo e da trave.

Fonte: Portal Terra

 

Publicado por Dyangellys Batista

Bibliotecário, Gamer, Geek e Baixinho!

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: