Exoneração da gestora da GRE, a gota d’água

Na última visita de monitoramento feita no Araripe, no último dia (31/07), a comitiva do governador Eduardo Campos, saiu da cidade do Exu com destino a inauguração do poço profundo de 760 m de profundidade, localizado em cima da Serra do Araripe no município de Bodocó, na chegada da comitiva, por volta das 17:30 min, alunos da rede estadual de ensino da escola Joaquim Eugênio da Silva, aguardavam o governador Eduardo Campos com faixas de protesto e gritos de ordem ” Educação nós temos falta escola”, mesmo surpreso e com o semblante mudado por ser interpelado em público por culpa de algum gestor, o governador foi ao encontro dos alunos, abraçou a todos, tirou fotos e ouviu, dos alunos reclamações sobre o anexo em que estudam no distrito de Serrolândia, contrariando o protocolo e a segurança, já com as horas avançadas, ele confirmou aos alunos, quer iria sim ao distrito, ver o anexo, o que foi motivo de festa entre os alunos. Terminando a inauguração do poço por volta de 17:40 min, a comitiva seguiu para Serrolândia, chegando ao anexo ás 18:00 hs, onde pela segunda vez, pude ver a expressão do governador irritado com a situação do anexo da escola, sem energia nos corredores, na cozinha, salas de aula sem forro de gesso, que perguntou a uma professora, quanto tempo tinha que a gestora não andava na escola, a professora respondeu que em torno de 03 anos.


Fonte: Blog do Dante Arruda


Publicado por Cidade de Araripina Pernambuco

Sobre

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: