Na tarde de hoje 15, tive a oportunidade de um papo descontraído com alguns dos alunos selecionados para o Programa Ganhe o Mundo, do Governo do Estado de Pernambuco. Os alunos que foram selecionados, seis no total, começaram a se preparar desde março do ano passado, visando essa oportunidade incrível que a SEE vem articulando.

A seleção para o Programa Ganhe o Mundo se dá através de duas etapas de caráter eliminatório e classificatório. O candidato será submetido a uma prova objetiva de idiomas. Em seguida, será calculada a média deste por meio do somatório das notas de língua portuguesa e matemática durante o ano de 2012 e da nota da prova de línguas do PGM.

O programa, totalmente custeado pela SEE, inclui acomodação em casa de família, matrícula em escola de ensino médio e plano de saúde, além de uma bolsa mensal no valor de R$ 719,76.

Conversando com eles, pude perceber que eles estão bastante ansiosos pelos 180 dias que os esperarão em terras canadenses. Os embarques do Programa Ganhe o Mundo tem inicio a partir dia 20 de janeiro. Os alunos selecionados foram: Icaro Gutemberg, José Osias, Iasmym Caroline, Antonio Leonardo, Larisse Cavalcante e Eugenia Feitosa.

P.s.: Na oportunidade, infelizmente, pude esta conversando apenas com duas das intercambistas. Abaixo, um pouco do que rolou durante nossa conversa.

 Fotos da sony nova 040

  • Qual expectativa para os seis meses de intercambio no Canadá?

“Espero trocar experiências, conhecer a cultura e explorar o máximo possível essa oportunidade. Aprender a língua (escrita e fala) e firmar laços com a Host Family”. – Iasmym Caroline, uma das intercambistas.

  • Como aconteceu o preparo para o intercambio?

Nós participamos de um Curso de língua (após horário de aula), com encontros diários na própria escola. As aulas duraram quase o ano inteiro! Era cansativo, mas eu estava determinada e disposta. O Programa Ganhe o Mundo foi responsável pelas aulas e pelo material didático”. – Eugenia Feitosa, 16 anos.

  • E a família, como reagiu?

Nossa, minha família me parabenizou e ficaram muito felizes pela minha conquista e pela oportunidade. Além do apoio em todo o processo durante a preparação”. Eugenia Feitosa.

  • E A Host Family?

A família canadense é contratada pelo período do intercambio, pelo Governo do Estado de Pernambuco. Eles têm que interagir com a gente, praticando a oralidade da língua inglesa. Eles, a família que vão nos receber, não tem qualquer ligação intimista com a gente. Outra coisa é que eles não têm obrigação de proporcionar lazer pra gente ou fornecer materiais de uso pessoal (é obrigação da gente!). Nós todos inicialmente, vamos receber duas bolsas de auxílio: uma no valor de R$ 719, e uma segunda, no mesmo valor, para adaptação; depois desse período, aí ficamos recebendo o valor único durante a estadia. Além disso, fui instruída a chamar meus responsáveis no Canadá de Host Father e Host Mother, no caso de irmãos, host brothers ou sisters”. – Iasmym Caroline

  • E a escola aqui, como fica?

Disseram à gente que durante o período do intercambio, nós ficaremos dispensados. Contudo, quando retornarmos, será realizado um projeto para cobrir o período do intercambio; e assim, dando continuidade aos estudos aqui. A diretora Idenia, lá da escola (ERJIO – Escola de Referencia em Ensino Médio Josias Inojosa de Oliveira), falou sobre um apostilamento que vai acobertar os alunos que estiverem no intercambio”. – Eugenia Feitosa.

  • E vocês têm medos, receios?

Nossa! Eles assustaram a gente na reunião! Disseram que os primeiros trinta dias são os mais difíceis, que teve gente que ate tentou se matar! Eu tenho medo de não se adaptar. O choque cultural, sabe? Mas eu vou cientes das dificuldades de adaptação e comunicação que irão surgir logo na chegada”. – Iasmym Caroline.

  • E lá, quais as obrigações de vocês?

Serviços domésticos (organização do meu próprio quarto e auxiliar nos afazeres domésticos – sempre sorrindo), estudar e ser obediente a Host Family e as leis canadenses. Nós estamos proibidos de pilotar qualquer veículo motorizado, fazer uso de bebidas alcoólicas ou se drogar, se relacionar com qualquer pessoa afetivamente (e sexualmente – risos) e praticar qualquer ato considerado ilegal. Avisaram que o não cumprimento dessas exigências, acarreta no retorno imediato”. – Eugenia Feitosa.

  • O que esperar da Escola Canadense?

Eu quero conseguir ter uma boa adaptação com os alunos e os professores, ansiando uma boa relação com estes. Desenvolver projetos junto aos conteúdos e as ideias propostos pela escola, visando um melhor aproveitamento do Programa Ganhe o Mundo”. – Iasmym Caroline.

 Fotos da sony nova 126

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.