Em nota de sua Assessoria de Imprensa, a Prefeitura Municipal de Araripina, no sertão de Pernambuco, salienta que em virtude da crise que afeta o país e principalmente as regiões Sul e Sudeste do Brasil que tem agravado a situação financeira do município e que a mesma tem se articulado pra cumprir os compromissos com seus servidores, vez essa que no último dia útil do mês de dezembro (2016), realizou parte (40%) do vencimento do mês de novembro aos servidores da Secretaria de Educação (onde se entende apenas Professores efetivos).

Em continuidade, a prefeitura promete se organizar com as suas finanças e valores a serem recebidos, se comprometendo a realizar o pagamento de efetivos e contratados a fim de quitar os transtornos que essa situação delicada vem causando.

Confira abaixo a nota da Prefeitura Municipal de Araripina, que também está disponível no Site do Órgão Público:

 

A Prefeitura de Araripina, em respeito aos seus servidores e considerando as dificuldades provocadas pela grave crise financeira que atravessa o país, vem a público tecer as seguintes considerações:
1) Ainda que num cenário de extrema carência de recursos, em que estados ricos da Federação, a exemplo do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, como também milhares de munícipios Brasil a fora, que não conseguiram honrar o décimo terceiro salário, a gestão municipal imprimiu esforços e conseguiu honrar esta obrigação no seu tempo legal;
2) Dada a impossibilidade de quitar todos os salários neste ambiente de crise, efetuou o pagamento do mês de novembro de todas as secretarias. No entanto, por completa escassez de recursos, a Secretaria de Educação realizou o pagamento de metade dos vencimentos aos professores e a outra metade foi agendada para o próximo dia 11;
3) É importante esclarecer que o desequilíbrio financeiro agravou-se por conta de sucessivos bloqueios dos recursos transferidos para Araripina em função de débitos históricos contraídos em gestões anteriores. Como tratam-se de determinações judiciais, os referidos valores foram devidamente negociados e, com isso, Araripina regularizou sua situação junto à Previdência Social;
4 ) Ainda quanto a esta negociação, a Prefeitura de Araripina precisou arcar com cerca de 1,3 milhão de reais, em apenas duas parcelas, para chegar a esse importante objetivo;
5) Também contribuiu para esse cenário o pagamento do montante de aproximadamente 500 mil Reais, para a quitação de dívidas trabalhistas de outras gestões, honrando-se, assim, o direito desses trabalhadores;
6) A Prefeitura de Araripina renova o seu mais profundo compromisso com os servidores municipais, através da determinação do prefeito Alexandre Arraes de direcionar todos os recursos que chegarão aos cofres públicos para prioritariamente normalizar a situação de todos os servidores, inclusive dos contratados.
7) Por fim, lamentamos os reflexos da crise nacional, que tem atingido especialmente os municípios do Nordeste. Contudo, estamos trabalhando para reduzir esses transtornos nas vidas dos araripinenses e resgatar o equilíbrio das contas públicas.
ACE – PMA

Publicado por Dyangellys Batista

Bibliotecário, Gamer, Geek e Baixinho!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.