Líder da Frente Popular desde 2006, o ex-governador Eduardo Campos já é tratado como um mito pelos aliados. Como já era esperado, seu nome foi reverenciado várias vezes no ato político realizado ontem. O candidato ao Senado, o ex-ministro Fernando Bezerra Coelho, chegou a dizer que Eduardo estava presente na reunião. Disse ainda que a viúva Renata Campos seria a porta-voz das mensagens deixadas por Eduardo. Um vídeo com o depoimento do ex-governador foi divulgado logo no início do ato.

A mensagem repassada no vídeo foi retirada do discurso de Eduardo Campos no dia de apresentação de Paulo Câmara como o candidato da Frente Popular, ato que ocorreu no dia 24 de fevereiro. Nele, Eduardo fala de Arraes e dos compromissos da coligação. “Eu queria pedir aos meus companheiros, prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e deputados, que vocês digam por onde passar ‘vote em Paulo, Raul e Fernando’”, disse Eduardo no vídeo preparado para o ato.

O próprio Paulo Câmara fez questão de lembrar que é ele o escolhido de Eduardo Campos para a sucessão estadual. “Quem está com Eduardo, está com Paulo. Quem não está com Paulo, não está com Eduardo”, disse o candidato, no momento do seu pronunciamento.

f8cf6a108f96ddbfab180f6899872e30
Fernando Bezerra Coelho discursa ao lado da viúva de Eduardo, Renata Campos, e Paulo Câmara, candidato ao governo de Pernambuco Foto: Edmar Melo/JC Imagem

Não foi apenas a viúva Renata Campos quem deu o tom político da sucessão estadual no ato de ontem. A eleição de Paulo Câmara, que ainda não decolou nas pesquisas de intenção de voto, agora mais do que nunca é a prioridade na Frente Popular.

Um dos discurso mais politizados foi o do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB). Afilhado político de Eduardo e um dos novos líderes do PSB, o gestor destacou que a militância e aliados devem se engajar para fazer o que era desejo de Eduardo Campos. “A gente sabe o desejo dele. Nesse momento a gente sabe o que ele quer que a gente faça. A gente sabe que a nossa chapa formada por Paulo, Raul e Fernando está dentro do desejo e sonho de Eduardo Campos de entregar Pernambuco a esses homens”, disse.

 

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: