Edição do Cultura Livre nas Feiras homenageou às mães de Araripina

Durante as apresentações as Secretarias de Esportes sorteou brindes e presentes para as mães que estavam prestigiando o evento. Já a Secretaria das Mulheres abordou o tema exploração sexual entregando panfletos e adesivos de conscientização.
As feiras livres de Araripina estão a cada dia mais animadas. Na manhã deste sábado (11) a Prefeitura de Araripina através da Secretaria de Cultura em parceria com a Fundarpe realizou mais uma edição do Cultura Livre nas Feiras com atividades especiais em homenagem ao dia das mães.
Enquanto as pessoas faziam suas compras para este dia tão especial podiam assistir a apresentações culturais como desfile de moda das mamães, dança de rua (break), grafitagem, poesias, flautas doces com crianças do CRAS, além de um show com a Secretaria de políticas para as mulheres, Fabiolla Paiva que encantou a todos com sua belíssima voz acompanhada pelo músico Paulo Albuquerque.
O Secretário de Cultura Lídio Santiago destacou a diversidade cultural de Araripina e afirmou que com este projeto os artistas locais estão sendo totalmente valorizados. “Estamos dando oportunidades para os artistas da terra se apresentarem e nesta edição voltada exclusivamente para as mães”, reforçou.

SÃO JOÃO DOS BAIRROS

No evento o Secretario de Cultura divulgou o início da programação do São João dos bairros. A programação festiva começa no próximo sábado, dia 18, na Feira do Feijão com apresentação da quadrilha Flor do Sertão.
“Vamos animar todos os bairros da cidade com apresentação das quadrilhas mirins e juvenis”, destacou Lídio Santiago. Este ano o São João dos bairros irá premiar os melhores quadrilhas, bairro mais enfeitado e brevemente será divulgada a data de realização do concurso municipal de quadrilhas.

Publicado por Cidade de Araripina Pernambuco

Sobre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.