Conselho de Juventude pressiona Vereadores e barra projeto de lei

O CMJ(Conselho Municipal de Juventude) de Araripina, fez uma grande pressão ontem dia 02/06/2009 na câmara de vereadores, pedindo para que os vereadores não colocassem em votação o projeto de lei nº. 010.2009 que altera a redação da Lei nº. 2.333 de 02 de setembro de 2004 do CMJ.
Na reunião desta terça-feira a câmara de vereadores viram pela primeira vez a juventude em massa pois estava lotada de jovens, que foram para reivindicar os seus direitos. Em vários momentos do pronunciamento do Presidente do Conselho o Sr. Marcos Siqueira, era aplaudido pelo presentes, que dizia não a aprovação deste projeto, onde ficam de fora todas as organizações estudantís.
No decorrer da reunião os vereadores chegaram num consenso; a comissão de Redação e Justiça da casa resolveu não colocar em votação o projeto – precisamos fazer alguns ajustes na lei onde a mesma está errada e incoerente com a Lei Federal que rege os conselhos. Vamos nos reunir dia 09/06/2009 para estudarmos o que vai ser alterado. – relatou o Presidente da comissão o vereador Evilásio Matheus. Foi o maior movimento da juventude de Araripina ficando  na história. Esse não vai ser mais um dos projetos que chegam na câmara e são empurrados com a barriga. Precisamos nos mobilizar, dizer não a esses projetos que visam interesse político. Temos que defender a juventude como um todo, e com certeza vamos conseguir mostrar para os vereadores que eles não são os donos da lei. O povo é quem manda.

5 comentários sobre “Conselho de Juventude pressiona Vereadores e barra projeto de lei

  1. Acho isso muito bom pois nos somos bem representados pelo conselho existente, mas o prefeito está querendo por a mão politica sobre um orgão que é pro nosso beneficio pra se utilizar em politicagem.
    Por isso vamos todos unir-vos para vencer está luta!!!!!
    Todos unidos jamis serão vencidos!!!

  2. Só por ver que houve mobilização já é algo bom.
    Mas, no texto, faltou o autor explicar (creio que é ele mesmo o presidente do tal Conselho) explicar o que é o CMJ (pelo menos por cima, não mais que uma linha) e explicar de que trata a Lei (ai sim, uma explicação bem mais detalhada). Eu não consegui entender muita coisa e acredito que os demais leitores também não.

  3. acho que como o vereador falou, é preciso rever essas novas leis. mas se for em beneficio da juventude, como sempre foi estou de acordo, mas se for para beneficio da politica de araripina, nem fufa.

Deixe um comentário