Com a chegada das chuvas, uma grande alegria após meses sem precipitação e com altas temperaturas. Porém isso também acende um alerta para os riscos de proliferação do mosquito Aedes aegypti pela cidade e aumenta o risco da proliferação, preocupada com as doenças causadas pelo inseto a prefeitura de Araripina intensifica as ações preventivas no combate.

Ao circular por alguns bairros não é difícil encontrar os focos para a reprodução do inseto transmissor não apenas da dengue, mas da Chikungunya e do Zika Vírus, este último suspeito de ter relação com os casos de microcefalia, malformação com alto índice em vários estados do Brasil, com destaque para Pernambuco.

Preocupados com a disseminação das doenças, o prefeito Alexandre Arraes e a primeira dama Roberta Arraes, acompanhado com vários secretários municipais, Moíses Filho (Infraestrutura), Juca Griz (Finanças) Sheyla Nogueira (Administração), Sebastião Arrais (ATTA), Maderleide Oliveira (Ação Social) e Leonardo Batista (assessor de gabinete), participaram nesse domingo (10), de uma ação de combate contra o mosquito aedes aegypti.

Três bairros periféricos receberam a ação, Universitário, José Martins e Alto da Boa Vista, essa operação, informou o prefeito Alexandre Arraes, “Continuará nos próximos domingos, com a limpeza de lixos e entulhos, em terrenos baldios, com a chegada do inverno há perigo iminente do aumento de casos de doença provocada pelo mosquito”, finalizou.

A ação envolveu a secretaria de infraestrutura, que disponibilizou, máquinas e caçambas, a empresa MAC responsável pela coleta do lixo, garis e caminhões coletores.

Fonte: ASCOM – PMA

Publicado por Dyangellys Batista

Bibliotecário, Gamer, Geek e Baixinho!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.