Chuvas no Nordeste: cadê a mobilização?

Softagon Sistemas em Araripina

 

 

Por Karina Moraes*

 

Visita aérea de região alagada no MaranhãoSão mais de 300 mil pessoas afetadas. Destas, quase 80 mil famílias desabrigadas, 25 municípios em estado de emergência e centenas de mortos? Esses números te impressionaram? Pois é, esses são os dados mais recentes das chuvas que vem acontecendo no Nordeste, principalmente nos estados do Piauí e Maranhão.

 

Se esses números te preocuparam, a opinião pública e o restante do Brasil, como diz o Deputado Sérgio Moraes (PTB – RS), estão se lixando para isso. E ainda se diz que não há preconceito com o Nordeste? Vamos relembrar!

 

No ano passado uma grande enchente destruiu Santa Catarina. Foram 13 mil pessoas desabrigadas. Não que a desgraça tenha sido menor ou maior, aqui não se cabe relevância das coisas e sim a atitude de ajudar ao próximo. Quando essa catástrofe aconteceu, toda a mídia estava voltada para essa causa nobre. Ali se exerceu o jornalismo como ação social. Famosos, políticos, artistas e até pessoas anônimas se conscientizaram. Resultado: o Brasil deu as mãos em prol de uma causa comum, o que é muito difícil acontecer nos dias de hoje. Alimentação, roupa, dinheiro e água foram algumas das doações que os desabrigados receberam. E ainda tinha gente que disponibilizava algumas horas do seu dia para ir até o local ajudar ou até mesmo acalmar os corações dos mais aflitos. Atitude bonita e acima de tudo humana! Santa Catarina recebeu ajuda dos quatro cantos do país. É como dizia aquela velha propaganda do Governo, do Oiapoque ao Chuí.

 

Quem não se lembra daquele comercial na TV em que se passava o número de uma conta bancária para ajudar aos desabrigados? Quem doou ou quem não doou não sabe se realmente o dinheiro foi para desabrigados de Santa Catarina.  Hoje tem tanta trapaça, que muita gente até desconfia se realmente a sua doação cairá em mãos corretas. No entanto, não é essa a discussão!

 

O que realmente importa é: como o Brasil tem ajudado as pessoas atingidas pelas chuvas no Nordeste? O presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, até deu uma passadinha de helicóptero para ver como estava o estrago. Mas cadê a mobilização nacional? Cadê as campanhas de doação, as camisas de solidariedade, os famosos lutando por essa causa e até visitando esses pobres desabrigados? Cadê Ana Maria Braga visitando os pobres nordestinos? Ela não visitou os sulistas? Nada mais que justo ajudar também o povo do Nordeste.  Será que desgraça também é dividida por região “a pobre e a rica”? Me parece que sim.

 

O fato é: não vemos campanhas, colaborações efetivas e nem mobilização nacional. O que a mídia informa é quanta chuva já caiu e quanta ainda vai cair. Isso serve para desesperar ainda mais quem mora na região. Não sei se é apenas preconceito com o Nordeste, mas o que vejo é interesse político correndo pelas veias.

 

Hoje, assistindo o jornal, recebi uma triste notícia. Tem cidades no Maranhão que simplesmente estão cobertas de água. Isso é o caso da cidade de Trizidela do Vale, a 300 quilômetros de São Luís. É muito triste ver pessoas que perderam tudo, sem casa, sem comida. A cidade parou, simplesmente nada funciona. As escolas, entidades públicas e privadas simplesmente fecharam as portas. Mas, a questão é: quantas cidades precisam desaparecer nas enchentes e quantas pessoas precisam morrer para que o Brasil possa despertar para o que está acontecendo no Nordeste? Não sei, mas enquanto o interesse político estiver acima de tudo essas pessoas jamais serão vistas como simples seres humanos, sendo nordestinos ou não.

 

* Karina Moraes é jornalista e Assessora de Imprensa da ADIT Nordeste ( www.aditnordeste.org.br )

 

Publicado por Karina Moraes

Jornalista, 22 anos.

Participe da discussão

9 comentários

  1. EU NÃO GOSTEI DA NOVA PAGÍNA DO SITE DE ARARINA POR QUE FICOU FORA DE PADRÃO,PIS O ENTERIOR TINHA MAS OPÇÕES DE LINKS…………..

  2. concordo plenamente, é uma descriminação sem medida sobre o nordeste.
    coisa que o próprio (Presidente) por ser nordestino ñ deveria deixar acontecer esse tipo de indiferenças.pois todo o Brasil se comoveu com santa Catarina. E porque não se comover com o nordeste?se os nordestinos precisam mais que os gaúchos!
    Acho que é aquela velha historia os nordestinos falam engraçado é o excluído de tudo o que fica em ultimo lugar em tudo e enfim é o patinho feio da história. Só espero que outra região não passe pelo que o nordeste esta passando, pois os nordestinos retribuíram com a mesma ajuda que foi dada (indiferentemente).

  3. Moro no interior do estado do Rio de Janeiro, viagei muito pelo Norte e Nordeste e sei muito o quanto este povo é acolhedor e bom de coração, fico muito indignado com o descaso de outros estados em relação aos alagamentos provocados pelas chuvas. Cadê as emissoras de TV que tem um papel importante neste momento de urgência e mobilização nacional?
    Porquê com Santa Catarina que ao meu ver é um estado com maiores recursos foi diferente?
    Presidente olhe pelos seus irmãos!

  4. kaline, o presidente as vezes desconhece certas informações sobre o nordeste, com relação a calamidades,vejamos; no nordeste pela visão da população de varios estados do país e um estado pobre onde o povo passa “fome”,algumas prefeituras anúciam festas com artístas, onde shows são caros, dando a entender que os beneficiados serão os enpresáris e os humildes ficam pra tráz. o que acontece enclusive as enchentes acorrentes no estado são de respossabilidade das prefeituras que envestem em festas e esquecem do povo.

  5. Concordo plenamente
    o que o Brasil tem feito ?
    NADA!
    eu sou do nordeste mais grassas a Deus onde eu moro não foi atingido pelas chuvas,mas vejo que as próprias pessoas que foram atingidas estão se levantando com seus proprios meios , se levantando só.
    Uma região que muitas pessoas são pobres que levaram uma vida para construir o que tem e derrepente tudo foi ” por água a baixo ” e o Brasil nem se importar com isso
    Presidente Lula vamo acordar né, ainda quer trazer a copa do mundo para o Brasil ? Vamos nos importar mais com os problemas do nosso país vamos tentar abrir os olhos num é presidente ?

  6. REALMENTE É UM ABSURDO NÃO TER DIVULGAÇÃO MACIÇA SOBRE ESSAS ENCHENTES.
    EU TENHO CERTEZA QUE ALÉM DO PRECONCEITO, ESTÁ ENVOLVIDA A QUESTÃO ECONÔMICA POR CAUSA DA COPA DO MUNDO!!! QUANDO ACONTECE UMA TRAGÉDIA EM ÉPOCA DE COPA, NÃO É DIVULGADA MESMO, COMO NO CASO DOS TERREMOTOS NO CHILE NA COPA DE 62!!!
    POVO IGNORANTE MESMO, SEMPRE SE DEIXANDO LEVAR PELA MÍDIA…

  7. Nome: Josué Sebastiao do Nascimento
    Endereço: Rua Particular Hum, 11 – Vila Livieiro
    Cidade: São Paulo – CEP: 04185-060
    Fone: (11) 3805-0156 Celular: (11) 7990-0216 – 8799-1340
    E-mail: [email protected]

    OBJETIVO

    Estágio

    Formação Acadêmico
    Ensino Médio Completo – Colégio de Pós Graduação e Extensão Universitária

    Entidade de Ensino: Senac Lapa Scipião
    Curso: Radialista – Operador de Câmera
    Universidade Bandeirante de São Paulo Uniban
    Gestão em Rádio e TV 3ª- Cursando
    Informática
    Windows, Word, Excel, Access, Power Point, Word para Internet, Internet Explorer
    Entidade de Ensino: Bit Company

    Histórico Profissional

    TV NET CIDADE CANAL 27
    Operador de Câmera – Voluntário
    Auxiliar de Produção, Operador de VT, Operador de GC
    Operador de TP,Cabo Mem
    iversidade Bandeirante de São Paulo Uniban
    Gestão em Rádio e TV 3ª- Cursando
    Informática
    Windows, Word, Excel, Access, Power Point, Word para Internet, Internet Explorer
    Entidade de Ensino: Bit Company

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: