Centro comercial de Araripina sem semáforos é perigo para pedestres e motoristas

Várias ruas de Araripina são sinalizadas por semáforos. Mas, por incrível que pareça, no centro comercial da cidade que compreende o quadrilátero Caixa Econômica Federal/Igreja Universal do Reino de Deus, Banco do Brasil/Casas A Cearense, Bradesco/Secretaria da Fazenda de Pernambuco e Banco Santander/Igreja Católica não existe um único sinal eletrônico de trânsito. E por mais campanhas que as autoridades tenham feito e notícias tenham saído na Rede Globo de Televisão mostrando o caótico tráfego na cidade, que vai de obstrução de entrada e saída de garagens por abusados a estacionar em locais proibidos, não se mostrou a degradação que é a olhos vivos andar de automóvel no centro da cidade ou caminhar como transeunte. O perigo é constante como profissional e isentamente pôde-se se verificar in loco.

Numa simples observação de meio dia, pela parte de uma manhã, uma senhora idosa quase foi atropelada e um portador de necessidades especiais (cadeirante) passou mais de 25 minutos para poder atravessar uma das principais vias do centro, tudo documentado e filmado.

Ao lado da Caixa Econômica Federal é, sem dúvida, o ponto mais crítico tanto para motoristas quanto para pedestres. Jornalisticamente, de forma imparcial, observou-se que nesse ponto os riscos de acidente é de médio para alto.

No cruzamento onde hoje se instala um restaurante chinês, por trás do velho Clube Arca, quando baixava-se a filmadora uma moto em alta velocidade quase que colidiu com um carro particular, gerando um rápido bate-boca, não tendo maiores consequências tendo em vista a evasão do motociclista, que, também, não usava capacete.

Constate o leitor com seus próprios olhos a veracidade dos fatos e a bagunça que reina no trânsito no centro comercial de Araripina.

SANDRO MORAES
JORNALISTA PROFISSIONAL DIPLOMADO
1.584-DRT/PE
ADVOGADO
13.888-OAB/PE

Em face de ofensas descabidas, o Autor, mesmo não sendo proprietário do site, através da Lei de Direitos Autorais e da Lei de Imprensa, se reserva no direito de moderar os comentários sob pena de ação judicial:

1) O Uso de palavrão deve ser evitado e jamais será aceito se usado para ofender outro participante. Será usado de moderação;
2) Toda e qualquer atitude desagregadora deve ser comunicada aos moderadores do grupo;
3) Lembramos que não utilizamos o grupo para negócios ou outros fins, o grupo se destina apenas a debater ;
4) O Usuário será advertido se não cumprir com os itens acima. A decisão será tomada pelos administradores do Grupo
5) Não nos responsabilizamos por opiniões dos usuários nem pelo conteúdo dos seus posts, portanto, as opiniões aqui reportadas não expressam a opinião do Grupo .
6) Os Administradores reservam-se no direito de excluir quaisquer mensagens, sem prévio aviso, que julguem ofensivas ou inadequadas a quaisquer normas de conduta dos usuários.
7) Publicações com mesmo conteúdo serão removidas
8) Evitem o uso de letras em” caixa alta “

%d blogueiros gostam disto: