Câmara de Arcoverde homenageia ex-prostituta

Um acontecimento
curioso envolvendo a Câmara de Vereadores de Arcoverde, no Sertão do
Estado, tem causado polêmica e gerado os mais diversos tipos de
comentários entre moradores do município. No último dia 15 de abril, a
Casa aprovou por unanimidade uma proposta de homenagem à empresária
Nivalda Rafael de Siqueira, mais conhecida como Nena Cajuína, uma
prostituta famosa da cidade.

Nena receberá a Medalha de Honra ao
Mérito Cardeal Arcoverde, a mais alta comenda entregue pelo
legislativo, dada a personalidades que possuem serviços prestados no
município.

O projeto é de autoria da parlamentar Célia Cardoso
(PR), que não esconde a admiração por Nena. “É uma mãe de família que
veio de Custódia e começou a trabalhar cedo, lavando prato nas casas
noturnas para sobreviver. Ela trabalhou a vida inteira para dar uma vida
digna aos filhos”, explica. Apesar de a proposta da homenagem já ter
sido aprovada, a data para a entrega da medalha segue indefinida. O
motivo: Nena Cajuína mostra um pouco de resistência em receber
pessoalmente a comenda. No entanto, a vereadora Célia Cardoso está certa
de que ela irá ceder.

Prostituta
assumida, dona Nivalda, hoje com 64 anos, começou no ramo aos 13.
Atualmente, é proprietária de um bar no bairro de São Cristóvão,
conhecido na região como “Colégio”, de onde tira seu sustento. Nena teve
três filhos, sendo que apenas um deles, um pastor evangélico, continua
vivo. “Eu já tive muito cliente, mas hoje eu só vendo minha cervejinha
mesmo”, diz.

Recentemente, uma moradora da cidade teria dito para
dona Nivalda que ela não merecia receber o “diploma”, referindo-se à
medalha. A resposta veio de imediato: “Minha filha, eu já tenho esse
diploma desde os 13 anos”.

Fonte: Blog do Magno

Publicado por Cidade de Araripina Pernambuco

Sobre

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: