Audiência pública sobre o trânsito no Araripe

Confira as fotos nowww.araripina.pe.gov.br

DSC_0417
Na manhã desta sexta-feira (25), aconteceu no auditório do Centro Tecnológico do Araripe, a audiência pública promovida pelo governo do Estado de Pernambuco, com a participação dos seguintes secretários estaduais: Antônio Figueira(Saúde), Aluisio Lessa(Articulação Política) e ainda representantes do DETRAN, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

A solenidade foi presidida pelo presidente do CISAPE e prefeito de Araripina, Alexandre Arraes, que acolheu a comitiva estadual, os prefeitos da região do Araripe e uma expressiva representação da população, que dividia com as autoridades a grande preocupação com a questão do trânsito em nossa região, cujos índices já extrapolam o limite tolerável.
Foi apresentada a triste estatística dos eventos que causa tanto sofrimento a população, especialmente os que envolvem os motociclistas na preocupante marca de 90% dos casos.
O problema existe e o governo quer agir em parceria com as prefeituras. O povo espera o resultado desta ação integrada que reúne a soma de esforços para a promoção de uma consciência crítica que passa por prevenção, educação, fiscalização e punições.
No caso específico da cidade de Araripina, o processo de municipalização do trânsito – considerado como a grande alternativa para redução do índice de acidentes – encontra-se em fase de conclusão com as interferências feitas na atual gestão, com perspectivas de acontecer no início do próximo ano.
O Araripe pernambucano clama por soluções e mais uma vez o prefeito Alexandre Arraes consegue trazer para o debate democrático um grande número de prefeitos, vereadores, lideranças políticas e membros da sociedade organizada, com o intuito de encontrar soluções que possam por um fim nesta epidemia do trânsito, com medidas que possam diminuir o sofrimento das famílias de toda região.

Publicado por Cidade de Araripina Pernambuco

Sobre

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: