ARARIPINA – População de Nascente relata descaso da gestão atual

O formato da administração Araripina de um “Novo tempo” comandada pelo atual prefeito Alexandre Arraes, tem usado diariamente os meios de comunicação como rádios, blogs e redes sociais, para apresentar à população uma gestão que segundo eles é modelo a ser seguido, quando na verdade, a realidade das coisas é bem diferente do que se propaga.

A realidade que o povo de Araripina tem que conviver diariamente está muito longe de ser esse modelo de um “Novo Tempo”, e o pior, aponta para um futuro de incerteza. O descaso da atual gestão para com as  comunidades mais carente do nosso município é tão grande que sensibiliza até mesmo os mais sensíveis com a causa dos menos favorecidos.

O mais doloroso para as pessoas que tem que conviver com situações, que as vezes chegam a ser desumanas, o pior, é saber que onde falta dinheiro para investir na melhoria da qualidade de vida das pessoas que precisam fazer um simples exame com um oftalmologista, várias pessoas passam até 24hs numa fila de espera para poder marcar o exame, mas, sobra dinheiro para cooptar pessoas para fazer parte da gestão, usando a estrutura da prefeitura, e dinheiro público que vai parar no bolso de algumas pessoas que se intitulam lideranças e que na verdade estão preocupadas apenas no seu próprio bem-estar.

Em contra-partida, a população convive com uma realidade dura, nua e crua, muito diferente do que eles apresentam em propagandas de rádios, blogs e redes sociais, maquiada e bem produzida por uma certa mente “maquiavélica”.

Porém a realidade é muito diferente, como esta que vamos mostrar agora em vídeo feito a pedido dos moradores do distrito de Nascente, que não aguentam mais sofrer com o mal cheiro dos esgotos estourados correndo a céu aberto.

Matéria e vídeo: Blog Revista Geral / Araripina Fatos em Fotos

Publicado por Cidade de Araripina Pernambuco

Sobre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.