Em todo o estado de Pernambuco houve um aumento no valor do gás de cozinha. Entretanto os revendedores ainda não repassaram o reajuste para o consumidor.

O aumento autorizado pelo Sindicato dos Revendedores de Gás de Petróleo do Estado foi de até 10%. “Não foi oficializado ainda pela distribuidora, mas como consta em alguns lugares, a gente de visto um aumento de 7% a 10%”, afirma o dono de revendedora de gás, Rafael Bruno Fonseca da Silva.

Gas_-_10-10-2013
O valor do botijão pode passar de R$40 para R$44. Aumento autorizado pelo Sindicato dos Revendedores de PE chega a 10%.

O preço do gás não é tabelado, isso quer dizer que a revendedora tem total liberdade a respeito do preço do produto. Um botijão de gás de cozinha, por exemplo, com 13 quilos custa em média R$ 40. Mas, a partir da próxima semana, pode chegar a R$ 44 ou até mesmo R$ 50.

Para o supervisor de revendedora, Neuton Prado, o aumento já era esperado. “O aumento é dado pelo aumento salarial, ainda vem agregado custo operacional, manutenção de aparelhagem. É um cálculo feito pelas distribuidoras e depois é repassado para o consumidor final”, explica.

A elevação de preço é válida para todos os tipos de botijão de gás de cozinha e também para o fornecimento de gás industrial.

Fonte: G1.globo.com (editado)

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: