Alexandre Arraes novo prefeito de Araripina bloqueia contas e demite funcionários

Faxina

Um dia depois de tomar posse como prefeito de Araripina, Alexandre Arraes (PSB) decidiu bloquear as contas da prefeitura e exonerar, ontem, os secretários de Saúde, Educação e Assistência Social, respectivamente Venilton Carlos, Irenilde Gualter e Luiza Francelino. Ele disse que tomou a decisão baseado em orientações do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que está acompanhando de perto todo processo de mudança no Executivo.

Alexandre Arraes assumiu o cargo no lugar de Lula Sampaio (PTB), afastado na segunda-feira por suspeita de desvios de aproximadamente R$ 2 milhões dos cofres públicos. Só anteontem foram transferidos irregularmente R$ 283 mil da pasta educacional para uma conta em Caruaru (já identificada). “Os extratos já estão com os auditores do TCE, mas não sou eu que vou tratar desse assunto. Prefiro esperar a posição da Justiça”, declarou Alexandre.

Segundo o novo prefeito, todos os contratos com as empresas públicas estão sendo analisados, bem como realizados os bloqueios das contas bancárias, sob a orientação do TCE. “Há muitos cheques que estão na praça, podendo ser usados indevidamente, como soubemos hoje (ontem)”, declarou.

O prefeito recém-empossado garantiu que está tomando as decisões com cautela, porque a Justiça pode derrubar a liminar que afastou Lula Sampaio. “Vou exonerar alguns ordenadores de despesas, mas não posso indicar ninguém por enquanto”, declarou, referindo-se aos secretários citados.

Já o advogado de Lula Sampaio, Eduardo Trindade, acredita que o prefeito vai retomar o cargo em breve. Ele impetrou ontem um agravo de instrumento no Tribunal de Justiça de Pernambuco para revogar a liminar que pede o afastamento de seu cliente do cargo. Na ação, o advogado argumenta que o juiz Ricardo Silva Neto, que concedeu a liminar, não tinha competência para a matéria, por se tratar de supostas irregularidades encontradas em convênios com a União. “Outro ponto relevante é o seguinte: o único requisito que a lei prevê o afastamento é se houver possibilidade de o réu tumultuar a instrução do processo. Isso não está acontecendo. Ele já abriu mão dos sigilos bancários e fiscais”, declarou. O advogado acrescentou que Lula Sampaio foi afastado sem ter sido citado para se manifestar”.

Fonte: Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR


Publicado por Cidade de Araripina Pernambuco

Sobre

Deixe um comentário

O que você achou disto?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: