Ações de melhoria do trânsito começam na primeira semana de fevereiro

A Prefeitura de Araripina participou na manhã de hoje de um encontro com o presidente da Autarquia de Trânsito e Transportes de Araripina (ATTA), Sebastião Arrais, o Major Ricardo Peres da 2ª Companhia de Polícia Militar e o Diretor da 23ª Ciretran Araripina, Bruno Oliveira.

O prefeito Alexandre Arraes (PSB) reuniu os líderes destes órgãos para debater a respeito do trânsito da cidade. Na reunião o prefeito ouviu diversas sugestões e pontuou algumas ações que considera importantes para iniciar o processo de melhoria do trânsito de Araripina.

Ele recomendou que seja firmado um convênio de gestão entre ATTA e Polícia Militar para colocar 12 Policiais de Trânsito nas ruas da cidade que irão fiscalizar o trânsito diariamente. O prefeito Alexandre Arraes também pediu ao presidente da ATTA que intensifique as campanhas educativas e preventivas. “Devemos organizar o nosso trânsito com conscientização e educação para somente depois iniciar algum processo de aplicação das Leis de Trânsito”, destacou o prefeito.

O presidente da ATTA, Sebastião Arrais também irá promover reunião com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) para debater a respeito do processo de carga e descarga em caminhões que também impedem o bom andamento do trânsito, especialmente na região central da cidade. “Vamos ouvir a demanda dos comerciantes e analisar o que pode ser feito com relação a este tema. É possível que os caminhões tenham que trafegar no centro em horários com menos fluxo de carros”, sugeriu Sebastião Arrais.

A Polícia Militar e a 23º Ciretran irão ajudar no processo de moralização do trânsito da cidade que recentemente deixou para trás a triste marca de trânsito mais violento do Estado. “É uma conquista a ser comemorada, pois Araripina mostra uma evolução no quesito trânsito e o prefeito Alexandre Arraes tem dado demonstrações que deseja melhorar ainda mais”, afirmou o Major Peres.

Urgência – Ainda na reunião ficou recomendado que as ações comecem logo no início de fevereiro. O trânsito caótico e as intensas reclamações são os fatores que mais contribuíram para a urgência da matéria.

Explicações – Para deixar a população esclarecida das ações que começarão em breve o presidente da ATTA, o Diretor da 23ª Ciretran e o Comandante da 2ª Companhia de Polícia concedem entrevista quarta-feira às 7h na rádio ArariFM.

Lixo em debate – Na quinta-feira a partir das 16h a Secretaria de Ciências, Tecnologia e Meio Ambiente promove uma reunião com os recicladores da Associação dos Recicladores de Araripina. A reunião acontece no Aterro Sanitário do município e a pauta é o destino do lixo e as primeiras ações da Secretaria.

Trabalho em equipe – O presidente da Câmara de Vereadores Luciano Capitão (PSB) e o vice-presidente Bringel Filho (PSDB) foram até o povoado do Cavaco para dois motivos: 1. Agradecer os votos que tiveram na última eleição e 2. Ouvir os pedidos das lideranças da região que falaram a respeito da coleta de lixo e do abastecimento de água. O segundo tema tem sido recorrente nas visitas de todos os vereadores. O Secretario de Vilas, Distritos e Povoados, Danda Simeão catalogou todos os pedidos.

Apagão – É incalculável o prejuízo financeiro que a Celpe causou em diversas cidades do Araripe após um apagão que durou mais de 5h. Além da falta de fornecimento de energia elétrica que paralisou indústrias, fábricas e o comércio em geral, diversos aparelhos queimaram com o retorno do fornecimento de energia. Um problema na rede de transmissão na cidade de Salgueiro é apontado como o fato gerador do apagão.

Participe da discussão

2 comentários

  1. Discute-se o trânsito de Araripina desde o tempo de Dra. Dioneia Lacerda e nunca se resolveu nada. Aliás, com o passar do tempo a cidade cresceu, a frota de automotores cresceu, principalmente de motos, e as coisas pioraram. Araripina precisa urgentemente de pelo menos cinco-edifícios garagens de 10 andares espalhados no centro expandido da cidade, proibir o estacionamento de automóveis em ruas estreitas como a Rua 15 Novembro e no Bradesco, só de exemplo, criar faixas de zona azul com cobrança por hora, obrigar os donos de restaurantes e clubes a construírem sob suas expensas estacionamentos próprios e não liberar mais alvarás sem essa exigência e fazer uma parceria com BPTRAN e DETRAN para coibirem os que pensam que são donos das ruas da cidade. Tolerância zero como fez o prefeito de Nova Yorque! Mas, a própria municipalidade na administração anterior dava mau exemplo em torno do Chapdão do Araripe!!!

  2. Meu login e senha vem sendo redefinido diversas vezes no araripina.com e estou com acesso bloqueado desde um post de um congresso que postei, estranhamente. O Araripina.com usa a plataforma do site mundial de código livre world press. Já entrei em contato com os administradores do site araripina.com e não obtive resposta. Existe perfil meu dentro do sistema e conteúdo de direitos autorais que não consigo acessar. O silêncio levará a tomar medidas cabíveis longe de Araripina. Já fiz print dos bloqueios e não aceito manipulação do que escrevo ou deixo de escrever. Se não quiserem minha colaboração deletem meu perfil, sob pena de medidas legais.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta para ADVOGADO SANDRO MORAES Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.