Nós fanáticos torcedores do Bode do Araripe, espalhados por todo esse Brasil de meu Deus, ficamos muito chateados quando o Araripina Futebol Clube caiu para a 2ª Divisão do futebol pernambucano.

Não queremos entrar no mérito da questão para saber o que motivou a queda do Bode do Sertão.  Queremos sim, que o Presidente, a Diretoria Administrativa, a comissão técnica, patrocinadores e simpatizantes, se organizem numa corrente positiva e pra frente, com o propósito de recuperar o espaço perdido pelo time araripinense no campeonato pernambucano.

O futebol é uma atividade esportiva que, quando planejada e organizada gera resultados fantásticos, além de levar à comunidade inúmeros benefícios no campo econômico, social e na projeção do município no cenário nacional.

O futebol é uma paixão que mexe profundamente com o sentimento de um povo. Mormente quando esse povo é sofrido e tem pouca oportunidade de viver a alegria das vitórias, das conquistas de títulos que o time da sua cidade obteve no último campeonato, ou que obterá na próxima temporada.

A administração pública, os empresários e a sociedade devem envidar esforços, para que o Araripina Futebol Clube no ano de 2013 seja um time organizado, bem administrado e com recursos suficientes para formar uma equipe competitiva, aguerrida e vencedora.

Nós, enquanto admiradores, iremos lotar o Chapadão do Araripe. E lá, gritaremos e empurraremos o Bode para sucessivas vitórias e a certeza que ele retornará no próximo ano à Divisão de Elite do futebol Pernambucano.

Avante BODÃO, a nação bodeira está atenta e convicta de que o BODE DO SERTÃO voltará em breve à primeirona do pernambucano.

POR: Humberto Bandeira Goiânia-Goiás.

Publicado por Humberto Alves Bandeira

Sou filho de Araripina, tenho 62 anos de idade, sou casado tenho 03 filhos também casados, tenho u netinho chamado Mateus. Sou um apaixonado por Araripina e o Sertão do Araripe. Tenho um enorme prazer em fazer parte da equipe do araripina.com.br. o site expoente da região.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.