A nova queridinha do Brasil

Usar o termo vale tudo em plena campanha de segundo turno presidêncial pode até ser considerado clichê. Mas existem frases, termos e lugares comuns que já fazem parte do vocabulário eleitoreiro.

Portanto estamos vivendo sim, um vale tudo eleitoral. E o que me assusta é que a propaganda para o novo turno começou ontem (8/10).

De fato, a televisão é o maior meio de comunicação do país, o veículo que possui mais representatividade perante o povo. Os dez minutos de cada candidato a Presidente serão preciosos. E as equipes de Marketing começaram o segundo round jogando duro nas questões polêmicas do primeiro turno.

Logo na sua primeira aparição Dilma Rousseff agradece a Deus por ter lhe concedido uma dupla graça. Já José Serra manteve o discurso da comparação de biografias. Fica fácil entender o posicionamento de ambos.

Dilma não emplacou a vitória no primeiro turno por questões religiosas. Nos últimos dias de campanha ela foi fortemente ligada a temas que vão de encontro aos interesses de grupos religiosos. E Serra, que não cresceu praticamente nada se comparado o resultado às pesquisas de intenção de voto, manteve o discurso.

Como todos sabemos a grande surpresa do primeiro turno foi o crescimento de Marina Silva, a nova queridinha dos partidos políticos. Foi Marina quem deu a Serra oxigênio para disputar o segundo turno. Particularmente sempre estranhei o discurso da candidata do PV que sempre pedia um segundo pleito e mais tempo para debater propostas. Essa estranheza ganha força  até pelo fato dela advir do PT. Mas assim é o PV, um partido que se vende fácil.

Agora na segunda etapa das eleições o que vamos presenciar é uma briga dura e por diversas vezes suja pelo eleitorado da Onda Verde. Serra já prometeu 04 Ministérios ao PV caso o diretório nacional apóie sua campanha. Dilma por sua vez quer conquistar o eleitorado evangélico que foi marcante no apoio a Marina.

Os institutos de pesquisa logo começarão a soltar as novas pesquisas de intenção de voto.

Filtre.

Seja crítico.

Pesquise mais antes de aceitar o que vem pronto da TV.

O jogo de interesses políticos é imundo e não deveria manchar a nossa Democracia.

Jorge Carvalho Possetti é Jornalista

Siga: twitter.com/jorgepossetti

Participe da discussão

1 comentário

  1. Engraçado. O autor desta postagem defendia o ficha suja do Bringel em Araripina… Agora, vem falar de honestidade!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.